A Era da Hipervaidade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A Era da Hipervaidade

Ricardo Lombardi

07 de outubro de 2009 | 07h26

magical-weave-mirror

O jornalista Ronaldo Bressane escreveu uma reportagem sobre Vaidade para a nova edição da Vida Simples. Neste link, dá para ler o texto original, antes da edição. O trecho inicial:

“A Era da Hipervaidade”

“Enquanto psiquiatras norte-americanos se assustam com o narcisismo dos adolescentes viciados em Facebook e filósofos franceses debatem a influência do comprimento das saias da primeira-dama sobre o zeitgeist, as revistas de celebridades exaltam: além das aparências, não há nada mais. E ainda bem”

No final do texto, um curioso “teste”:

“SE ENXERGA”

“Você precisa estar no centro das atenções (médicas) se…

1 Possui senso grandioso de auto-importância (supervaloriza realizações e talentos, espera ser reconhecido como superior sem que tenha feito ações à altura)
2 Preocupa-se com fantasias de sucesso, poder, brilho, beleza ou amor ideal ilimitados
3 Acredita que é “especial” e único e que só pode ser compreendido por outras pessoas (ou instituições) especiais ou de status elevado
4 Precisa de admiração excessiva
5 Sente-se em uma posição de possuir direitos, isto é, tem expectativas irrazoáveis de receber tratamento favorável ou de aceitação automática das duas expectativas
6 Aproveita-se de relacionamentos interpessoais; isto é, manipula os demais para atingir seus próprios objetivos
7 Não demonstra empatia; não tem disposição para reconhecer os sentimentos e as necessidades alheias ou identificar-se com isso
8 Muitas vezes inveja os demais ou acredita que os outros o invejam
9 Demonstra comportamentos ou atitudes arrogantes e insolentes
10 Leu este teste observando-se ao espelho (brincadeira…)”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: