As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

TV On The Radio se apresenta em set veloz e preciso

Ana Clara Jabur

07 de abril de 2012 | 20h11

1___TV_On_The_Radio.jpg

Roberto Nascimento  – O Estado de S.Paulo

O TV On The Radio passou por seu belo cancioneiro em um set veloz e preciso. À frente da banda, o carismático Tunde Adebimpe é uma síntese das habilidades do grupo: um soul man moderno, versado em blues e efervescência punk, capaz de cantar com inflexões de gospel e no verso seguinte disparar sílabas com o abandono de um vocalista de hardcore.

O resultado, em um palco para 70 mil pessoas, é uma espécie de encruzilhada entre soul e rock alternativo, embora esta definição seja imprecisa para o trabalho artesanal dos elogiados discos que a banda produziu ao longo da última década.

As produções do guitarrista Dave Sitek são marcos do rock moderno, exemplos de como se trabalha com  estéticas ao mesmo tempo experimental e popular. Assistir a um show do TV On The Radio é vislumbrar esses detalhes de longe.

O que se vê são os alicerces mais notáveis da banda: uma guitarra que disfere camadas de distorção, uma bateria compassada e acessível, e o soul de Adebimpe, que é também acompanhado pelos falsetes de Kyp Malone. São elementos que apelam a um grande público, e que fizeram do TV On The Radio uma daquelas raras bandas (como o Radiohead) que tem o respeito da crítica e uma ampla base de fãs.

[galeria id=2594]

A comparação com o Radiohead serve, embora a banda inglesa tenha seja mais bem-resolvida neste equilibrio entre a música autoral e o espetáculo do que o TV On The Radio. Para Adembimpe e companhia ainda falta encontrar uma fórmula que reconstrua ao vivo a sedutora estética de seus discos.  Mesmo assim, o show é de alto nível e torna-se excelente quando a banda toca suas melhores canções, como a magistarl Staring At The Sun e o hino indie Wolf Like Me.

Saiba mais sobre o festival em nosso especial do Lollapalooza 2012

Tudo o que sabemos sobre:

LollapaloozaTV On The Radio

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.