As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tomahawk faz show enérgico em sua estreia no Brasil

Daiane Oliveira

30 de março de 2013 | 17h53

Lollapalooza_2013.jpg

1_tomahawk.jpg

João Paulo Carvalho – O Estado de S.Paulo

Habituado ao público brasileiro, Mike Patton e a banda Tomahawk fizeram uma apresentação enérgica na tarde deste sábado, 30, no segundo dia do festival Lollapalooza. “Oi, tudo bem?”, disse assim que subiu ao palco. Com timbres pesados e influências do hardcore, o vocalista do Faith No More andou de um lado para outro, falou palavrões e até arriscou algumas frases em português. “Eu sou é cachaceiro”, brincou ele em sua nona passagem pelo País.

                + Vai ao festival? Clique o que só você viu e envie

                + O que fazer para evitar perrengues no Lollapalooza

O Tomahawk já tem quatro álbuns lançados, mas esta foi a estreia da banda no Brasil. Liderado por Patton nos vocais, o grupo ainda conta com Duane Denison (Jesus Lizard), John Stainer (Battles, Helmet) e Trevor Dunn (Mr. Bungle, Fantômas). O quarentão Mike Patton mostrou muito vigor na voz, atingindo notas altas de causar inveja aos vocalistas mais jovens.

O show contou com faixas de todos os trabalhos da banda, incluindo God Hates a Coward e Rape This Day. Na metade da apresentação, Mike voltou a mostrar o domínio da língua portuguesa, proferindo mais alguns palavrões: “porra, caralho”, disse, esboçando um sorriso. A apresentação terminou pontualmente às 16h25, mas Mike ainda teve tempo de treinar seu português: “Muitíssimo obrigado! Tchau, beijos!”, disse.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: