Galeria do Rock nos tempos modernos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Galeria do Rock nos tempos modernos

SUELI MARCIALE

15 de fevereiro de 2011 | 17h34

Espaço ganha plataforma na web; internautas escolhem identidade visual

O número 62 da Rua 24 de maio, no Centro de São Paulo, abriga o Centro Comercial Grandes Galerias. Em 1963, o prédio começou a atrair os primeiros lojistas. E, no fim da década de 1970, chegaram as lojas de LPs e vinis que deram o apelido do lugar: Galeria do Rock, hoje com 450 lojas.

Atualmente o espaço recebe 25 mil visitantes por dia, de segundas a sextas; e 35 mil por dia, aos sábados e domingos. Apesar do nome, é um dos espaços mais democráticos de São Paulo: o lugar é conhecido por reunir várias tribos e também pela convivência pacífica entre elas.

A novidade é que o lugar entra agora em uma nova fase: a evolução para um espaço cultural e alternativo completo. A galeria passará a receber com maior frequência exposições, shows e intervenções em seu espaço físico; e também ações e interações nas recém-criadas plataformas digitais – um blog com diversos colaboradores e canais no Twitter e Facebook.

E a aposta em interatividade começa pela escolha da identidade visual: a escolhida pelos internautas passará a representar visualmente a Galeria do Rock.

QUAL VOCÊ PREFERE? CLIQUE NA IMAGEM PARA VOTAR…


Tudo o que sabemos sobre:

galeria do rock

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.