Sol forte e problemas no som marcam primeiros shows na Cidade do Rock
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sol forte e problemas no som marcam primeiros shows na Cidade do Rock

Ana Clara Jabur

23 de setembro de 2011 | 16h54

 

 

por Lucas Nóbile

A quarta edição do Rock in Rio começou com atraso de 20 minutos no Palco Sunset. O primeiro show da tarde foi o da banda Móveis Coloniais de Acaju com Orquestra Rumpilezz e Mariana Aydar.

Problemas no som ocorreram durante toda a apresentação. Os músicos – eram quase 30 no palco – sinalizavam para os técnicos informando que estavam tendo dificuldades.

Às 16h10 se iniciou a apresentação de Ed Motta com Rui Veloso e Andreas Kisser. A banda foi formada com 5 guitarras (Veloso e Kisser entre eles), 1 baixo, 1 bateria e Ed Motta nos vocais. O repertório é todo de clássicos do rock, desde os anos 1960.

Bebel Gilberto e Sandra de Sá são as próximas e o palco se encerra com os dinamarqueses do The Asteroids Galaxy Tour com os portugueses do The Gift. As apresentações no Palco Mundo, marcadas para se iniciarem às 19h, devem atrasar. Apenas quando os shows terminarem no Palco Sunset é que elas deverão começar.

O sol está inclemente na Cidade do Rock e a organização do evento tem borrifado o público com água. A fila da roda gigante, instalada no local, é quilométrica.

Muitos jovens entre 16 e 18 anos são vistos no festival. A censura é de 15 anos. O público, que ainda era pequeno no primeiro show, já é muito maior nesse momento.

 


 

 

[galeria id=1215]

Tudo o que sabemos sobre:

RIR 1Rock in Rio 2011

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: