Sherlock interpretado por Benedict Cumberbatch é eleito personagem mais popular da TV na Inglaterra
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sherlock interpretado por Benedict Cumberbatch é eleito personagem mais popular da TV na Inglaterra

O Estado de São Paulo

20 de fevereiro de 2017 | 15h21

Sherlock, adaptado dos clássicos de Arthur Conan Doyle, foi eleito o personagem de televisão mais popular da BBC por audiências internacionais, segundo uma pesquisa divulgada pela emissora britânica nesta segunda-feira, 20.

A série Sherlock tem 3 das 4 temporadas disponíves no Netflix do Brasil.

O segundo lugar ficou com o Dr. Who.

An undated handout photo of Benedict Cumberbatch, left, as the title character in the television series "Sherlock," with Martin Freeman as Watson. Cumberbatch, who is set to appear in Peter Jackson's "The Hobbit" and J.J. Abram's sequel to "Star Trek," has been in demand since his role as Sherlock Holmes on British television, which returns on May 6, 2012. (BBC/Hartswood Films for Masterpiece via The New York Times) -- NO SALES; FOR EDITORIAL USE ONLY WITH STORY SLUGGED TV-CUMBERBATCH-ADV29 BY DAVE ITZKOFF. ALL OTHER USE PROHIBITED. -- PHOTO MOVED IN ADVANCE AND NOT FOR USE - ONLINE OR IN PRINT - BEFORE APRIL 29, 2012.

Benedict Cumberbatch e Martin Freeman em cena de ‘Sherlock’. Foto: BBC/Hartswood Films for Masterpiece via The New York Times

De acordo com a BBC, a pesquisa também revelou que o senso de humor britânico foi um fator importante para o público do Japão escolher Sherlock como o personagem favorito, com mais de um quarto (26%) dos fãs afirmando que este era uma razão para assistir ao show. O sotaque britânico também é um fator que atrai as pessoas para a série.

Mais de 7 mil pessoas entre 18 e 64 anos de idade, da Austrália, França, Alemanha, Índia, dos Estados Unidos, do Japão e México foram convidados a participar da pesquisa, que identificou o personagem de TV da BBC mais popular e a cena de televisão mais inesquecível da emissora, que também acabou ficando com Sherlock: a “queda para a morte” do personagem.