Duran Duran abre passagem para os anos 80
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Duran Duran abre passagem para os anos 80

Ana Clara Jabur

13 de novembro de 2011 | 21h23

Lipe Fleury – estadão.com.br

A breguice irresistível do Duran Duran botou a galera para dançar no SWU. Abrindo com o primeiro hit de sua carreira, Planet Earth, lançado em 1981, o grupo levantou uma plateia que vinha abatida, possivelmente por causa da chuva.

Munidos com palitos de brilho fosforescente, os fãs saltitam e obedecem os comandos do vocalista Simon Le Bon, que se apresenta vestindo uma exagerada roupa purpurinada.

Abusando dos arpeggiators e timbres que mereciam nunca ter saído dos anos 80, o Duran Duran ocupa a fronteira do rock com o pop. Mesmo não tendo testemunhado o frisson que o grupo protagonizou em seu auge, há mais de vinte anos, muitos se rendem ao clima jubiloso e aceitam a entrada no túnel do tempo sem resistência.

Experientes, os músicos planejaram o setlist com sabedoria, esgueirando faixas mais recentes e totalmente desconhecidas aqui e ali para que a dependência de singles antigos pareça menos óbvia. Na hora certa, a banda sabe recuperar a atenção de todos com um grande sucesso.

O vocalista Simon Le Bon escolheu um fã da plateia pra cantar a introdução de The Reflex com a banda.

Tudo o que sabemos sobre:

Duran Duran

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: