Saxofonista de Iggy Pop and The Stooges morre aos 66 anos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Saxofonista de Iggy Pop and The Stooges morre aos 66 anos

O Estado de São Paulo

11 Outubro 2015 | 20h14

O saxofonista Steve Mackay, mais conhecido por seu trabalho com Iggy Pop and The Stooges, morreu neste domingo aos 66 anos. O músico estava internado em estado crítico com uma infecção geral do organismo.

Iggy Pop, que se apresenta na semana que vem no Brasil no festival Popolad lamentou a notícia em sua página no Facebook: “Steve era um cara clássico dos anos 1960, cheio de generosidade e amor para qualquer um que encontrava. Toda vez que ele colocava seu sax aos lábios e buzinava, ele iluminava meu caminho e brilhava o mundo inteiro.”

O músico nasceu em Michigan e dizia ter sido inspirado por Charlie Parker, John Coltrane e Stan Getz. Na década de 1960, ele frequentou a escola de arte de Michigan, e durante esse tempo, tocou em uma banda chamada Carnal Kitchen.

Iggy Pop

Foi nessa época que o músico conheceu Iggy Pop e recebeu o convite para gravar duas músicas no segundo álbum do Stooges, Funhouse (1970). Steve participou das gravações dos últimos álbuns do Stooges, The Weirdness (2007) e Ready to Die (2013), além de acompanhar a banda na estrada, incluindo a última passagem pelo Brasil, em 2009, no extinto Festival Planeta Terra.

Veja também
Três histórias sobre Iggy Pop que você provavelmente não conhecia
Depois do Stooges, Iggy Pop volta com tudo e vem a São Paulo
Confira os horários dos shows do Popload Festival 2015