As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

São Paulo tem a Virada Cultural mais violenta

Daiane Oliveira

19 de maio de 2013 | 21h58

testeira_virada_600x40_1.jpg

Pelo menos cinco pessoas foram baleadas e duas, esfaqueadas. Um rapaz foi morto a tiros ao tentar recuperar celular roubado e outro morreu de overdose. Também foram registrados arrastões, roubos, tumulto em estação de metrô, brigas e 28 prisões

2_virada_epitacio_pessoa_estadao.jpg

Arrastões, roubos, brigas, uso de drogas, fechamento de estações de metrô e o mais grave: dois mortos (um a tiros e outro por overdose), cinco baleados e pelo menos dois esfaqueados. São Paulo registrou no fim de semana a Virada Cultural mais violenta desde sua primeira edição, em 2005. Os crimes se concentraram entre 2h e 5h de ontem e causaram cenas de terror, como a do jovem esfaqueado na região do Viaduto do Chá. Ao todo, 28 adultos foram presos, 9 adolescentes acabaram apreendidos e 1.800 pessoas tiveram de ser atendidas por excesso de álcool.

Leia mais aqui.

VEJA TAMBÉM:
+ ‘No ano que vem, vamos usar lugares mais seguros’, diz Juca Ferreira

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.