As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Primeiro dia da Virada é marcado por shows, confusões e mortes

Daiane Oliveira

19 de maio de 2013 | 13h23

testeira_virada_600x40_2.jpg

O primeiro dia da Virada Cultural teve muitos shows, mas também morte e confusão. Um homem morreu após ser baleado na Avenida Rio Branco, centro de São Paulo, por volta das 5h deste domingo. No bairro Santa Cecília, um jovem de 19 anos foi encontrado morto com sinais de overdose durante a madrugada.

Outras cinco pessoas foram alvos de disparos. A Polícia Militar (PM) não informou as circunstâncias em que ocorreram os tiros. Um balanço parcial da PM contabiliza, ainda, 12 tumultos, entre brigas e arrastões. A polícia confirmou que algumas prisões foram efetuadas, mas não informou quantas.

               + Confira a programação da Virada Cultural 2013

               + Racionais MC’s voltam à Virada após seis anos

Um princípio de arrastão provocou medo e correria por volta das 23h50 de sábado, na rua Quintino Bocaiuva com a Rua Direita. Alguns comerciantes fecharam as portas de seus estabelecimentos até que chegaram homens da PM. A reportagem presenciou um jovem furtando um rapaz que estava à sua frente.

Leia a notícia completa sobre o primeiro dia da virada clicando aqui.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.