‘Power Ranger’ chega aos cinemas esta semana com heroína latina e gay
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Power Ranger’ chega aos cinemas esta semana com heroína latina e gay

O Estado de São Paulo

21 Março 2017 | 12h29

Becky G, a Ranger Amarela, em cena do novo 'Power Rangers'. Foto: Kimberly French/Lionsgate

Becky G, a Ranger Amarela, em cena do novo ‘Power Rangers’. Foto: Kimberly French/Lionsgate

Nesta quinta-feira, 23, a nova versão do clássico seriado juvenil Power Rangers chega aos cinemas. Além de contar com um visual repaginado, o filme terá também uma heroína latina e gay.

A Ranger Amarela, Trini, personagem da atriz e cantora de ascendência mexicana Becky G, estará descobrindo sua sexualidade no longa, confirmou o diretor do filme, Dean Israelite, em entrevista ao The Hollywood Reporter. “Trini está questionando muito do que ela é”, explica.

Em uma determinada cena, colegas da personagem se perguntarão se ela está com “problemas com o namorado” e em seguida perceberão que ela está com “problemas com a namorada”. Segundo Israelite, é uma cena pequena, mas importante para a história.

“Ela ainda não descobriu totalmente ainda. Eu acho que o que é bom nesta cena e o que esta cena impulsiona no filme é que ‘tudo bem'”, diz o diretor. “O filme está dizendo, ‘está tudo bem’, e todas as crianças devem assumir quem são e encontrar a sua tribo.”

“O filme mostra uma mensagem de que juntos somos mais e que todos somos iguais”, decla Becky G em uma entrevista para a agência EFE. A artista também se diz orgulhosa por viver no filme uma heroína latina.

“Para mim é uma verdadeira honra”, afirma. “Como latina, estou muito orgulhosa da nossa cultura e de poder levar as nossas tradições para um universo tão rico como o do filme.”

O novo Power Rangers chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, 23.

 

Mais conteúdo sobre:

Power Rangers