As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Piano na Praça é ilha de tranquilidade na Virada

Marcio Claesen

06 de maio de 2012 | 01h02

João Luiz Sampaio – O Estado de S. Paulo

Em meio ao caos da Virada, uma ilha de relativa tranquilidade é o Piano na Praça, realizado na Praça Dom José Gaspar.  “Relativa” pois o espaço, um dos mais intimistas da programação, com poucos lugares disponíveis, tem estado lotado desde o começo da Virada, no final da tarde.

Iniciado pouco antes da meia-noite, o recital de Daniel Grajew entrou pela madrugada com uma versão solo de “Rhapsody in Blue”, de Gershwin, veículo para que o pianista mostrasse a riqueza de timbres e coloridos que sabe tirar do instrumento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.