As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Paul McCartney passa o som em Florianópolis

Daiane Oliveira

25 de abril de 2012 | 18h54

Júlio Maria – O Estado de S.Paulo

Enquanto as pessoas se aglomeravam nos portões do Estádio da Ressacada, ao sul de Florianópolis, Paul McCartney tocava Ebony and Ivory em sua passagem de som.

Os barzinhos que ficam em frente às entradas principais estavam cheios de fãs esperando pela abertura dos portões, mas o inusitado era que poucos ali sabiam que era ele mesmo, Paul McCartney, quem tocava com sua banda.

Filas enormes em frente ao Estádio reservam fãs de todo tipo. Gente que veio de Palmas, Tocantins; Belo Horizonte, Minas Gerais; famílias inteiras de São Paulo e Rio de Janeiro. Torcedores do Figueirense, time rival do Avaí, lamentavam o fato de Paul estar na casa do adversário. “Não tem problema. Em 1990 Eric Clapton tocou no nosso estádio e logo depois tivemos Rod Stewart”, disse Paulo Freitas, 59 anos. Sérgio Adams, 58, estava com o filho Ilan, 29. Para ele, Florianópolis já está no roteiro dos shows internacionais. “Temos um estádio ao lado de um aeroporto.”

O show de Paul está previsto para começar às 21h30. Hello Goodbye será a abertura de um set list que terá 70% de músicas dos Beatles, 20% dos Wings e 10% de canções da carreira solo do beatle.

paul_recife_div_1.jpg

Tudo o que sabemos sobre:

Paul McCartney

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.