As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O adeus ao maestro Alceo Bocchino

João Luiz Sampaio

07 de abril de 2013 | 14h23

Compositor, maestro e pianista, morreu na manhã de ontem no Rio Alceo Bocchino, aos 95 anos. Nascido em Curitiba, Bocchino mudou-se para o Rio no início dos anos 40. Foi aluno de Villa-Lobos e Camargo Guarnieri e, no início da trajetória como maestro, atuou como assistente de Eleazar de Carvalho. Trabalhou como arranjador em emissoras como a Rádio Mayrink Veiga e a Rádio MEC, que ajudou a criar. Na Rádio Nacional, comandou, ao lado de Paulo Tapajós, o programa Quando os Maestros se Encontram, em que músicos “duelavam” ao vivo. Foi fundador da Sinfônica Nacional, na qual atuou como regente titular ao longo de 13 temporadas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: