Multidão canta ‘Don’t Look Back in Anger’ em homenagem às vítimas de Manchester
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Multidão canta ‘Don’t Look Back in Anger’ em homenagem às vítimas de Manchester

A canção está se tornando um símbolo do 'espírito' da cidade nos últimos dias, segundo o Guardian

Guilherme Sobota

25 Maio 2017 | 15h30

Na manhã desta quinta-feira, 25, centenas de pessoas se reuniram na praça St Ann, em Manchester, para respeitar um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do ataque terrorista da última segunda-feira.

Um jornalista do The Guardian registrou o momento emocionante em que as pessoas cantam à capela Don’t Look Back in Anger, hit do Oasis de 1995. Veja:

O momento viralizou e chamou atenção até de Noel Gallagher, que retuitou o vídeo.

Lydia Bernsmeier-Rullow, a mulher que puxou a canção, acredita que Manchester vai se recuperar. “Essa música é isso: não podemos ficar olhando para trás para o que aconteceu, temos que olhar para o futuro”, disse ao jornal.

A canção está se tornando um símbolo do “espírito” de Manchester nos últimos dias, segundo o Guardian.

TOPSHOT - People stop to observe a minute's silence in St Ann's Square gathered around the tributes, in central Manchester, northwest England, on May 25, 2017, as a mark of respect to the victims of the May 22 terror attack at the Manchester Arena. Police said they arrested two men Thursday in the Manchester area in connection with the deadly bombing of an Ariana Grande pop concert, while a detained woman was released without charges. Britain has raised its terror alert to the maximum level and ordered troops to protect strategic sites after 22 people were killed in a suicide bomb attack on a Manchester pop concert. / AFP PHOTO / Ben STANSALL

Centenas de pessoas se reuniram na St. Ann’s Square, em Manchester, para homenagear as vítimas. Foto: AFP PHOTO / Ben STANSALL

Na terça, estudantes da escola de música de Chetham fizeram a mesma homenagem.

Mais conteúdo sobre:

Manchester