Morre o pianista norte-americano Van Cliburn
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morre o pianista norte-americano Van Cliburn

Eliana Souza

27 Fevereiro 2013 | 17h44

Van Cliburn, o lendário pianista norte-americano, morreu ontem, aos 78 anos, segundo informou a agência de notícias Reuters. Cliburn estava em sua casa, em Fort Worth, nos Estados Unidos. Ele sofria de câncer nos ossos. “Van Cliburn era uma lenda internacional há mais de cinco décadas”, lembrou sua agente, Mary Lou Falcone. “Um músico que vai continuar brilhando através de seu legado extraordinário.”
Foi no auge da Guerra Fria, entre Estados Unidos e União Soviética, que a carreira de Cliburn ganhou notoriedade. Seus concertos executando o repertório de Tchaikovsky e Rachmaninoff eram, para os russos, constrangedoramente incríveis. Em 1958, ele venceu a primeira Competição Internacional Tchaikovsky de Piano em Moscou, quando tinha apenas 23 anos. Sua última aparição pública foi em setembro de 2012, durante o 50º aniversário do concurso de piano criado em sua homenagem. Sua fala para o público foi em tom de despedida. “Nunca se esqueçam: eu amo todos vocês do fundo do meu coração, para sempre.”