Morre aos 81 anos o roteirista de quadrinhos Denny O’Neil
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morre aos 81 anos o roteirista de quadrinhos Denny O’Neil

O Estado de São Paulo

12 de junho de 2020 | 16h39

O escritor, editor e roteirista de quadrinhos Denny O’Neil morreu nesta quinta-feira, 11, aos 81 anos. Sua família confirmou ao site especializado em cultura pop Games Radar que ele morreu de causas naturais em casa. O’Neil foi um dos responsáveis, junto com o ilustrador Neal Adams, pela guinada sombria na forma de representar o Batman a partir do fim da década de 1960.

O escritor, editor e roteirista de quadrinhos Denny O'Neil. Foto: Luigi Novi

O escritor, editor e roteirista de quadrinhos Denny O’Neil. Foto: Luigi Novi

Depois do seriado que eternizou Adam West como Batman e Cesar Romero como Coringa em uma chave mais humorística entre 1966 e 1968, foram as histórias criadas por Denny O’Neil, que foi para a DC Comics em 1968, que injetaram perigo novamente no personagem.

A parceria O’Neil e Adams foi prolífica nos anos 1970, e Neil Adams chegou a falar sobre essa época durante um painel da CCXP 2019 no Brasil. Foi nesse período que O’Neil criou o vilão Ra’s al Ghul e restituiu a antagonistas clássicos do Batman, como Coringa e Duas Caras, um status mais sombrio e menos cômico.

Ainda na DC Comics, a escrita de O’Neil deu nova vida a personagens que estavam saturados, como o Lanterna Verde e o Arqueiro Verde e, mais tarde, entre 1986 e 2000, ele foi editor das revistas do Batman. Nessa época, supervisionou eventos impactantes como a saga O Cavaleiro das Trevas, clássico de Frank Miller, e a história Uma Morte em Família, em que Jason Todd, o segundo Robin, morre, um dos arcos mais melancólicos do herói.

A parceria O’Neil/Adams, no entanto, é mais antiga do que a fase vibrante do Batman dos anos 1970. Na década anterior, eles se conheceram na Marvel, trabalhando sob Stan Lee. O’Neil escreveu histórias do Doutor Estranho e dos X-Men. Entre 1980 e 1986, ele retornou à Marvel e chegou a trabalhar com Frank Miller e John Romita Jr. no Homem-Aranha antes de se tornar o roteirista titular do Homem de Ferro e do Demolidor.

Tudo o que sabemos sobre:

Batmanquadrinhos

Tendências: