Maestro diz em concerto que ‘Papai Noel não existe’ e é demitido em Roma
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maestro diz em concerto que ‘Papai Noel não existe’ e é demitido em Roma

O Estado de São Paulo

30 Dezembro 2016 | 18h49

ROMA – Não duvidar da existência do Papai Noel: essa foi a lição que um maestro italiano aprendeu ao perder seu emprego por ter dito às crianças que estavam presentes na sua apresentação que o bom velhinho era uma mentira.

Na última quinta-feira, 29, no fim do concerto “Disney in Concert: Frozen”, no Auditorium Parco della Musica em Roma, o maestro Giacomo Loprieno disse ao seu público, composto majoritariamente por meninos e meninas e seus pais, que “Papai Noel não existe”.

A afirmação, que para muito dos pequenos destruiu um dos maiores símbolos natalinos, foi alvo de inúmeras críticas dos adultos que estavam presentes, que inundaram a página do show no Facebook de críticas.

A repercussão negativa do comentário acabou forçando a organização do evento, a Dimensione Eventi, a demitir Loprieno, que já foi substituído por outro profissional na apresentação da tarde desta sexta-feira (30).

Santas board a bus for a field trip from the Charles W. Howard Santa Claus School in Midland, Michigan, U.S. October 28, 2016. REUTERS/Christinne Muschi SEARCH

Foto: REUTERS/Christinne Muschi

Em uma nota, os organizadores “se dissociam completamente” do episódio. “Como todos os presentes ficamos desconfortáveis pela declaração absolutamente pessoal do diretor. O nosso trabalho é o de criar emoções positivas e fazer os pequenos sonharem”, afirmam na nota.

“O que foi dito pelo maestro foi totalmente fora de contexto e é o gesto arbitrário de uma única pessoa. Como organizadores, nós trabalhamos para que o espetáculo fosse bem aproveitado por todas as famílias e, pelos aplausos, podemos afirmar que conseguimos esse objetivo, graças ao calor do público e à sua participação”, explicam os organizadores.

A página depois foi tirada do ar, mas os pais, insatisfeitos, criaram uma outra, a “Disney Frozen in Concert: “Babbo Natale NON Esiste” (“Disney Frozen in Concert: Papai Noel NÃO Existe”), que foi criada “para evitar que qualquer um pense em poder estragar os sonhos das crianças de 5/6 anos, talvez sem nenhuma razão plausível”. / ANSA

Mais conteúdo sobre:

Papai NoelNatalmúsicaRoma