Lollapalooza Chicago teve Metallica, Paul McCartney, ameaça de tempestade e rapper detido por tumulto
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lollapalooza Chicago teve Metallica, Paul McCartney, ameaça de tempestade e rapper detido por tumulto

O Estado de São Paulo

03 de agosto de 2015 | 10h47

O fim de semana foi de Lollapalooza Chicago, a edição “original” do festival que tem suas versões sul-americanas (Brasil, Chile, Argentina e em 2016 também na Colômbia), e teve um pouco de tudo: clássicos do rock, como Paul McCartney e Metallica, bandas novas aproveitando o hype (The War on Drugs e Father John Misty), astros do pop, muita música eletrônica, uma evacuação em massa devido ao risco de tempestade e até um músico preso.

Lembre como foi o Lollapalooza Brasil de 2015.

Na tarde do domingo, 2, o parque que recebe o festival teve que ser evacuado por risco de tempestades. Uma hora e meia depois, o local foi reaberto – a interrupção fez com que os sets dos dias fossem mais curtos, como o da banda Florence and the Machine.

Ainda no sábado, 1, o rapper americano Travi$ Scott foi detido pela polícia de Chicago por “comportamento desordeiro”, de acordo com a Billboard. Pouco depois de subir ao palco (com meia hora de atraso) e começar seu set, Scott começou a chamar o público para pular as barreiras de segurança e a provocar os policiais e seguranças que estavam no local.

Veja algumas imagens do Lollapalooza Chicago 2015:

Tudo o que sabemos sobre:

Lollapalooza

Tendências: