Katy Perry faz piada com caça a coalas, animais em perigo de extinção, e causa polêmica na Austrália
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Katy Perry faz piada com caça a coalas, animais em perigo de extinção, e causa polêmica na Austrália

Radar Cultural

05 de julho de 2017 | 12h49

A cantora Katy Perry. Foto: REUTERS/Danny Moloshok/File Photo

A cantora Katy Perry gravou um comercial para promover a sua turnê Witness na Austrália, mas acabou gerando revolta dos australianos e de grupos defensores dos animais.

Num vídeo em tom cômico em parceria com a empresa Myer, uma grande rede de lojas de departamento, Katy diz para o seu cãozinho para “caçar coalas”. Além de ser animal símbolo da Austrália, o coala está em perigo de extinção.

De acordo com o site de notícias australiano Courrier Mail, a Myer agora corre para apagar os comentários de Perry, que são chamados de “nojentos” por grupos de defesa dos animais.

Segundo a veterinária Claire Madden, mais de 110 coalas são mortos todos os anos por cães no estado australiano de Queensland. “O ataque de cachorros a coalas é uma das principais ameaças”, afirma Madden.

“Perry é um modelo para vários jovens”, diz a veterinária. “Isso destrói todo o bom trabalho que nós fizemos tentando encorajar as pessoas a não deixar seus cães em contato com coalas.”

A cantora de Chained To The Rythm ainda não se manifestou, mas a Myer respondeu ao Courrier Mail em nota. “Nós estamos conscientes dos comentários referentes ao comercial da turnê Witness de Katy Perry e uma referência aos coalas. Estamos removendo o material que faz a referência aos coalas.”

Veja abaixo o polêmico vídeo com Katy Perry:

 

Mais conteúdo sobre:

Katy Perry