As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Interdição de acesso à favela pela PM causa tumulto próximo à Cidade do Rock

Eliana Souza

13 Setembro 2013 | 16h01

Fábio Grellet/RIO

Um tumulto começou por volta das 14h30 desta sexta-feira (13) a cerca de 600 metros da entrada principal da Cidade do Rock, na zona oeste do Rio de Janeiro, depois que a Polícia Militar interditou uma passarela que liga a  Avenida Salvador Allende à Favela Vila Autódromo. A comunidade é localizada entre a Cidade do Rock e o terreno onde será construído o Parque Olímpico para os jogos de 2016. A passarela passa sobre um rio que separa a Vila Autódromo da avenida.

Alegando “ordens superiores”, os PMs proibiram a passagem dos moradores pela passarela, que terão de usar outro acesso, a dois quilômetros de distância.

“Estou com a perna engessada e moro a menos de 50 metros do acesso que foi interditado. Agora, terei que andar quatro quilômetros para chegar em casa”, reclamou o segurança Eduardo Galvão, de 23 anos.

Os moradores da comunidade ameaçam enfrentar os policiais, que exibem sprays de pimenta para conter o tumulto.

Mais conteúdo sobre:

ROCK IN RIO