Guitarrista Tom DeLonge deixa o Blink-182
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Guitarrista Tom DeLonge deixa o Blink-182

26 Janeiro 2015 | 18h19

[Atualização às 20h23: o músico fez um post no seu Instagram dizendo que “nunca deixou a banda”. “Eu estava numa ligação sobre um evento do Blink-182 em Nova York e essas notícias começaram a sair… Aparentemente elas foram ‘sancionadas’ pela banda. Nós somos disfuncionais? Sim. Mas nossa…”, diz a mensagem na rede social. A dúvida passa a ser, agora, se ele foi ‘chutado’ do Blink sem saber].

Depois da reunião da banda em 2009 (após um hiato de quatro anos), os fãs do Blink-182 tinham tudo para achar que tudo estava bem: em uma entrevista cedida à revista americana Rolling Stone, em 2013, dois dos fundadores do Blink, Tom DeLonge e Mark Hoppus disseram que um novo álbum estava a caminho. Até hoje. Nesta segunda-feira, Hoppus e o bateirista Travis Barker divulgaram um comunicado dizendo que Tom DeLonge decidiu deixar a banda “indefinidamente”.

“Nós estávamos prontos para tocar nesse festival e gravar um novo álbum e Tom ficava adiando sem razão”, diz a nota. “Uma semana antes de irmos a estúdio, recebemos um e-mail do seu agente explicando que ele não queria participar de nenhum projeto do Blink-182 indefinidamente, mas preferiria trabalhar nos seus projetos pessoais.”

Tom DeLonge

Tom DeLonge

O guitarrista e vocalista do Alkaline Trio, Matt Skiba, vai assumir o posto de DeLonge no Blink, pelo menos por enquanto. Vamos ver.

Mais conteúdo sobre:

Blink-182