As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Cisne Negro’ faz estúdio bater recorde em seu lançamento

Marcio Claesen

05 de dezembro de 2010 | 21h02

 NataliePortman_DannyMoloshok_Reuters.JPG

Uma das maiores promessas na temporada 2010-2011 de prêmios para o cinema é o filme Cisne Negro, estrelado por Natalie Portman. Neste final de semana, ele se tornou a produção do estúdio Fox Searchlight mais rentável em estreia limitada nos Estados Unidos. Por “limitada” entende-se um filme que só foi lançado em poucos cinemas.

O longa arrecadou impressionantes U$ 1.3 milhão em apenas 18 salas de cinema, tendo rendido uma média de U$ 77.459 por sala. Ele superou outros sucessos da empresa como JunoQuem Quer Ser um Milionário? e Pequena Miss Sunshine.

Cisne Negro é um thriller psicológico que conta a história de uma bailarina (Portman) que compete pelo papel principal no balé O Lago dos Cisnes. O filme é dirigido por Darren Aronofsky (de O Lutador) e está bem cotado em várias categorias para a próxima edição do Oscar, principalmente a de Melhor Atriz para Portman. A estreia no Brasil está prometida para 04 de fevereiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: