Casey Affleck responde a críticas à sua vitória no Oscar
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Casey Affleck responde a críticas à sua vitória no Oscar

O Estado de São Paulo

01 Março 2017 | 15h05

Emma Stone, Viola Davis e Casey Affleck posam com suas estatuetas do Oscar. Foto: REUTERS/Lucas Jackson

Emma Stone, Viola Davis e Casey Affleck posam com suas estatuetas do Oscar. Foto: REUTERS/Lucas Jackson

Brie Larson não aplaudiu ao anunciar a vitória de Casey Affleck na disputa de melhor ator na cerimônia do Oscar no último domingo, 26. Viola Davis fez uma cara pouco amigável para o ator na sala de imprensa. Nem todo mundo estava satisfeito com o prêmio entregue a Affleck pela Academia.

A explicação é que Casey foi acusado de assédio sexual, em 2010, por duas mulheres que trabalharam com ele no filme Eu Ainda Estou Aqui. Affleck se declarou inocente das acusações e o processo contra ele teve um acordo nos tribunais.

Nenhuma das partes envolvidas no processo pode, aliás, comentar o caso, por decisão judicial, segundo o ator. Mas Affleck, três anos mais novo que o irmão Ben, respondeu às críticas a sua vitória no Oscar em uma entrevista ao Boston Globe, jornal local da sua cidade natal.

“Eu acredito que qualquer tipo de maus tratos a qualquer pessoa por qualquer razão que seja é inaceitável e abominável”, declarou o ator. “Todo mundo merece ser tratado com respeito, em seu ambiente de trabalho ou em qualquer lugar.”

“Não há nada que eu possa fazer sobre isso”, acrescentou. “Além de viver a minha vida do jeito que eu sei, falar sobre quais são os meus valores e como eu tento viver guiado por eles todo o tempo.”

Mais conteúdo sobre:

casey affleckOscaroscar 2017