Bruce Dickinson diz que sempre se arrependeu de não bater em Axl Rose
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bruce Dickinson diz que sempre se arrependeu de não bater em Axl Rose

O Estado de São Paulo

08 de setembro de 2015 | 16h03

Bruce Dickinson. FOTO: FILIPE ARAUJO/ESTADÃO

Bruce Dickinson. FOTO: FILIPE ARAUJO/ESTADÃO

Em uma entrevista recente para promover o álbum The Book of Souls, o vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, disse que sempre se arrependeu de não ter dado um soco em Axl Rose num incidente em 1988.

Falando ao Le Journal de Montréal, Dickinson mencionou um show que o Guns N’ Roses abriu para o Iron Maiden na cidade de Quebec, em maio de 1988, e no qual Rose teria destratado a plateia porque eles falavam francês.

“Eu deveria ter subido no palco e dado um soco nele”, disse Dickinson (via NME). “Como ele ousou falar com a minha audiência daquele jeito? Eu sempre me arrependi de não ter feito.”

Bruce Dickinson disse na semana passada que seu câncer na boca (já totalmente curado) pode ter sido causada pelo vírus sexualmente transmissível HPV.

O Iron Maiden também anunciou uma turnê mundial em 2016 com apresentações agendados em cerca de 35 países – inclusive no Brasil.

The Book of Souls foi lançado na semana passada.

Tudo o que sabemos sobre:

Axl RoseBruce DickinsonIron Maidenmúsica

Tendências: