Audiência do Oscar atinge pior marca nos EUA em nove anos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Audiência do Oscar atinge pior marca nos EUA em nove anos

Ubiratan Brasil

27 de fevereiro de 2017 | 19h22

Não bastaram as piadas políticas do apresentador Jimmy Kimmel nem a já histórica trapalhada com a divulgação de melhor filme – a transmissão da cerimônia do Oscar no domingo, 26, atingiu a pior audiência na TV americana desde 2008 ao somar 32,9 milhões de espectadores do país, segundo informação do site especializado The Hollywood Reporter. Naquele ano, com Jon Stewart como mestre de cerimônias, o Oscar foi visto por 31,8 milhões de pessoas.

Host Jimmy Kimmel speaks as donuts fall onto the audience at the Oscars on Sunday, Feb. 26, 2017, at the Dolby Theatre in Los Angeles. (Photo by Chris Pizzello/Invision/AP)

Flop. Jimmy Kimmel no comando da cerimônia: audiência continua em queda nos EUA. Foto Chris Pizzello/Invision/AP

A queda, que acontece a cada ano, preocupa os organizadores da festa que, a cada nova cerimônia, busca atrair especialmente o público jovem, conhecido por esnobar a transmissão. Outra explicação para a cifra de 2017 seria o sucesso do boicote promovido por apoiadores do presidente Donald Trump, cientes de que a festa do cinema concentraria opositores às ideias do mandatário.
A festa deste ano apresentou uma queda de 4% na audiência quando comparada à de 2016, quando Chris Rock foi o apresentador. Tanto em 2014 como em 2013, a premiação ainda atingia mais de 40 milhões de espectadores, mas a média caiu em 2015, quando cravou 37,3 milhões.

Mais conteúdo sobre:

oscar; oscar2017; jimmy kimmel