Artistas da dança protestam em prêmio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Artistas da dança protestam em prêmio

Leandro Nunes

16 Maio 2017 | 00h52

Na noite fria desta segunda-feira, 15, a Associação Paulista de Críticos de Arte recebeu artistas no Theatro Municipal para o prêmio da instituição. A cerimônia que marca os 60 anos da APCA teve shows da cantora Céu e da banda As Bahias e a Cozinha Mineira.

Os artistas da dança ganharam destaque na cerimônia com cartazes e palavras de ordem contra a gestão do atual secretário Municipal de Cultura André Sturm. O coreógrafo e presidente da Cooperativa Paulista de Dança Sandro Borelli, vencedor na categoria Espaço de Difusão pelo trabalho no Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo, rejeitou os trinta segundos de fala determinados pela produção e também criticou a mudança no novo edital do Fomento a Dança. “Desculpem, mas eu não saí de casa para falar apenas por trinta segundos, vocês não vão me pressionar para falar rápido.”

Vencedores da dança protestam no Prêmio APCA FOTO: Leandro Nunes

O rapper Emicida, que apresentou a categoria Música Erudita, também direcionou seu protesto a Sturm e ao congelamento dos recursos para a Cultura. “Em uma entrevista que ele deu [ao jornal] Folha de São Paulo, o homem de gelo disse que não iria colocar rap no Theatro Municipal. Bem, acho que sou rapper e aqui é o Municipal. Temos que acabar com esse pensamento que envenena a arte.”

Se no início da cerimônia a sala de espetáculos estava quase ocupada, a cada entrega de troféus o teatro esvaziava, sorte de categorias como Arquitetura, Artes Visuais e Cinema, que inauguraram a premiação organizada por ordem alfabética com o público ainda presente.

Na última categoria, Televisão, a atriz Selma Egrei, vencedora por sua interpretação na novela Velho Chico, da TV Globo, dedicou o prêmio ao secretário Municipal de Cultura. “Quem sabe assim ele deixa de ser inimigo das artes e passa a ser amigo.”

Confira a lista de vencedores:

Arquitetura:
Trajetória: Sergio Ferro
Urbanidade: Projeto Ruas Abertas – Avenida Paulista / Fernando Haddad
Obra de arquitetura: Escola Senai São Caetano do Sul / Claudia Nucci e Valério Pietraróia – NPC Grupo Arquitetura
Preservação de patrimônio moderno: Luciano Brito Galeria – antiga Residência Castor Delgado Perez / Luciana Brito (promotora); João Paulo Beugger, José Armênio de Brito Cruz, Marcos Aldrighi e Renata Semin – Piratininga Arquitetos (readequação arquitetônica); André Paoliello (readequação paisagística)
Pesquisa: Atlas fotográfico da cidade de São Paulo e arredores / Tuca Vieira
Fronteiras da arquitetura: Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro / Fernando Meirelles, Daniela Thomas e Andrucha Waddington
Apropriação urbana: Ocupação Hotel Cambridge / Carmen Ferreira da Silva (líder comunitária); Pitchou Luambo (coordenador do Grupo de Refugiados e Imigrantes Sem Teto); Juliana Caffé, Yudi Rafael e Alex Flynn (curadores da Residência Artística Cambridge)

Artes Visuais
Grande Prêmio Da Critica: Fernando Lemos
Exposição internacional: “O Triunfo da Cor” (CCBB)
Exposição nacional: “VOLPI Pequenos Formatos” (MAM)
Retrospectiva: “No Lugar Mesmo: Uma Antologia de Ana Maria Tavares” (Pinacoteca)
Fotografia: Gal Oppido (“Sentidos da Pele”)
Arte e Reflexão: “O Instante Certo” (Dorrit Harazin)
Iniciativa cultural: “Programa Metropolis” (TV Cultura)

Cinema
Filme: “Aquarius”,de Kleber Mendonça Filho
Diretor: Gabriel Mascaro, por “Boi Neon”
Roteiro: Kleber Mendonça Filho por “Aquarius”
Ator: Júlio Andrade, por “Sob Pressão”
Atriz: Andréia Horta, por “Elis”
Documentário: “Cinema Novo”, de Eryk Rocha
Fotografia: Diego García, por “Boi Neon”

Dança
Grande Prêmio da Crítica: Marilena Ansaldi
Espetáculo (Estreia): “Devolve 2 horas da minha vida” – Projeto Mov_oLA/Alex Soares
Espetáculo (Não Estreia): “Dança Por Correio” – Grupo Zumb.boys
Coreografia / Criação: “Rubedo” – Cia. de Dança Siameses/Mauricio de Oliveira
Interpretação: Zélia Monteiro, por “Percursos Transitórios”
Revelação: Grupo Fragmento Urbano
Espaço de Difusão: Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo (CRD)
Prêmio Técnico: Equipe Técnica do Teatro Alfa
Projeto / Programa: CCSP Semanas de Dança 2016 – Centro Cultural São Paulo
Memória: Ballet Stagium – 45 Anos

Literatura
Grande Prêmio da Crítica: “A Ditadura Acabada -5”, de Elio Gaspari (Intrínseca)
Romance/Novela: “Como Se Estivéssemos em Palimpsesto de putas”, de Elvira Vigna (Companhia das Letras)
Ensaio/Teoria e/ou Crítica Literária/ Reportagem: “Trópicos Utópicos”, de Eduardo Giannetti da Fonseca (Companhia das Letras)
Infantil/Juvenil: “Quem tem medo de curupira?”, de Zeca Baleiro, ilustrações de Raul Aguiar (Companhia das Letras)
Poesia: “Rol”, de Armando Freitas Filho (Companhia das Letras)
Contos/Crônicas: “A(s) Mulher(es) que eu amo”, de Eros Grau (Globo Livros)
Tradução: “[um amor feliz]”, de Wislawa Szymborska, tradução de Regina Przybycien (Companhia das Letras)
Biografia/Autobiografia/Memória: “Rita Lee: Uma Biografia”, de Rita Lee (Globo Livros)

Moda
Revelação em Moda: 
Lab-Emicida e Evandro Fióti
Coleção:
À La Garçonne
Estilista do ano: 
Ronaldo Fraga
Fotógrafo:
Gil Inove
Profissional da Beleza: Fabiana Gomes
Stylist:
Pedro Sales
Prêmio Especial da Crítica:
Alberto Hiar pela compra da Zoomp

Música Erudita
Espetáculo de ópera: Don Quichotte de Massenet. (Theatro São Pedro, abril/2016, direção Jorge Takla)
Prêmio Especial pelo conjunto da obra: Maestro Roberto Duarte (pela revisão sistemática das obras de Carlos Gomes e de Tommaso Traetta)
Instrumentista: Emannuele Baldini (Spalla da OSESP e Líder do Quarteto OSESP)
Regente de Orquestra: Valentina Pelleggi
Projeto Musical: Programa Preludio da TV Cultura
Cantor Lírico: Rodolfo Giugliani (Lo Schiavo, Theatro Municipal RJ outubro/2016; Il Tabarro, Teatro San Carlo de Nápoles, novembro/2016)

Música Popular
Grande Prêmio da Crítica: Rita Lee (por sua carreira)
Artista do Ano: Céu
Melhor Álbum: “MM3”, Metá Metá
Produção e Direção Artística: Rica Amabis, Daniel “Ganjaman” Takara e Tejo Damasceno por “Sabotage”, Sabotage
Revelação: Mahmundi por “Mahmundi”
Projeto Especial: SIM São Paulo
Show: BaianaSystem
Homenagem: Fernando Faro (In Memorian)

Rádio
Prêmio Especial do Júri: Bradesco Esportes FM, pela cobertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016
Humorista: Emerson França – Band Bom Dia – Band FM
Apresentador (entretenimento): Serafim Costa Almeida – Banda de Todas as Bandas – Capital AM 1040
Produtor (entretenimento): Mariana Piza – Programa Maritaca – Rádio Vozes
Produtor jornalístico: Renan Sukevicius – Em Alta Frequência – BandNews FM
Repórter: Marcel Naves – Blitz Estadão – Estadão FM
Colunista: – Claudio Zaidan – Esporte Notícia e Esporte Notícia Internacional – Bandeirantes AM/FM

Teatro
Grande Prêmio da Crítica:
Maria Alice Vergueiro
Espetáculo: Sobre Ratos e Homens
Diretor: João Falcão (Gabriela, um Musical) e Kiko Marques (Sínthia)
Autor/Dramaturgia: Vinicius Calderoni (Os Arqueólogos)
Ator: Leonardo Fernandes (Cachorro Enterrado Vivo)
Atriz: Denise Weinberg (O Testamento de Maria)
Prêmio Especial: Lenise Pinheiro (pelo registro histórico da cena teatral paulista)

Teatro Infanto-juvenil
Grande Prêmio da Crítica: Peer Gynt, direção de Gabriel Villela
Espetáculo de Valorização da Cultura Popular: CAMINHO DA ROÇA (Grupo As Meninas do Conto)
Espetáculo de Bonecos: Berenices (Grupo Morpheus Teatro)
Espetáculo de Inclusão e Acessibilidade: Feio (Coletivo Grão de Arte e Cidadania)
Espetáculo Interativo: Chiquita Bacana no Reino das Bananas (Grupo Folias D’Arte)
Espetáculo de Texto Adaptado: Henriques (Cia Vagalum Tum Tum)
Espetáculo sobre Diversidade Sexual e de Gênero no Universo Infanto Juvenil: A Princesa e a Costureira (grupo Teatro da Conspiração, de Santo André)

Televisão
Grande Prêmio da Crítica: Domingos Montagner, pelo conjunto da obra (In Memoriam)
Novela: “Velho Chico” (Benedito Ruy Barbosa/TV Globo)
Atriz: Selma Egrei (Velho Chico/TV Globo)
Ator: Marco Ricca (Liberdade, Liberdade/TV Globo)
Diretor: José Luiz Villamarim (Justiça/TV Globo)
Série: Justiça (de Manuela Dias/TV Globo)
Infantil: “D.P.A – Detetives do Prédio Azul” (Gloob)
Cobertura Rio-2016: SporTV