Jards Macalé, Liniker, Carne Doce, The Baggios e Francisco, El Hombre: confira os selecionados pelo edital Natura Musical 2018
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Jards Macalé, Liniker, Carne Doce, The Baggios e Francisco, El Hombre: confira os selecionados pelo edital Natura Musical 2018

Pedro Antunes

28 de novembro de 2017 | 09h01

Jards Macalé “terá o seu A Mulher do Fim do Mundo”.

Parece exagero – até porque os artistas, Jards e Elza Soares, percorreram caminhos bastante distintos nas últimas décadas.

Jards Macalé (Wilton Júnior / Estadão)

Mas a brincadeira se sustenta na ideia de que, tal qual Elza, que lançou o embasbacante A Mulher do Fim do Mundo em 2015 com o auxílio do Natura Musical, cabe ao carioca “maldito” o posto de veterano a ser auxiliado pelo edital.

Jards há tempos fala sobre lançar um novo disco.

Em entrevista a esse que aqui escreve, há dois anos, o plano parecia mais distante.

Em um papo com o colega Julio Maria, no início de novembro, o morcegão da MPB já mostrava planos mais sólidos.

Um disco de inéditas, com Kiko Dinucci e Romulo Fróes, dizia ele, chegaria em 2018.

“Ainda estamos em fase de brainstorms”, explicou.

Kiko e Rômulo participaram também de A Mulher do Fim do Mundo. Portanto, a brincadeira do início do texto é, vá lá, minimamente válida.

Mas o que importa, mesmo, é que a Natura Musical revelou, na manhã desta terça-feira, 28, os selecionados do edital de 2018. Jards está na lista, ao lado de outros 20 artistas.

E o recorte estético, realizado por uma rede de 18 curadores, é amplo, como costuma ser.

Ava Rocha, por exemplo, dará sequência ao seu estudo de experimentos com imagem e som em Trança, nome provisório do terceiro disco, produzido por Negro Leo e Eduardo Manso.

Carne Doce (Foto: Beatryz Perini)

Já a Carne Doce terá, com o auxílio da Natura Musical, a chance de seguir com a linda – e árdua – caminhada pelo mercado independente. Também no terceiro disco, Salma Jô e Macloys Aquino já marcaram seus nomes com um dos grupos mais interessantes dessa profusa geração de músicos.

A lista também dá voz à guitarra. The Baggios, recentemente indicado ao Grammy Latino com o ótimo Brutown, e Molho Negro, que lançou o excelente Não É Nada Disso Que Você Pensou.

De um lugar sonoro com menos distorção e mais camadas lisérgicas, chegará o novo álbum da Catavento, banda que surgiu com uma pegada lo-fi e hoje vagueia por cores psicodélicas.

A guitarra também estará sob o domínio da guitarrada, com o mestre Manoel Cordeiro, outro selecionado pelo edital deste ano.

Drik Barbosa, rapper que integra o coletivo Rimas & Melodias, cujo disco de estreia saiu neste ano em um potente registro ao lado de cantoras e rappers que se uniram sob o lema “juntas, somos mais fortes”, terá seu disco solo auxiliado pela Natura Musical.

O Francisco, El Hombre garantiu presença da ótima Triste, Louca ou Má, do álbum de estreia, na novela O Outro Lado do Paraíso, da TV Globo. Agora, darão início ao sucessor do disco Soltasbruxas.

Nome de destaque e apontada como a revelação do ano passado, a banda Liniker e os Caramelows começam a gravar o segundo álbum, na sequência de Remonta.

A lista de contemplados é extensa e inclui ainda Black na Laje, Bruno B.O., Iconili, JosyAra, Larissa LuzLuedji, Musa Híbrida, Viola Perfumosa e Yangos.

O Natura Musical também manteve o auxílio a festivais e eventos dedicados à música independentes de todo o País, iniciativa criada em 2017. Os selecionados deste ano são Bananada (GO), Coala (SP), Contato (SP), Coquetel Molotov (PE), DoSol (RN), Faro MPB (RJ), Música de Rua (RS), Radioca (BA), Se Rasgum (PA), Timbre (MG), Porto Musical (PE) e a SIM SP (Semana Internacional de Música de São Paulo).