Francesa Laure Briard grava música em português com produção de Benke Ferraz, dos Boogarins; ouça
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Francesa Laure Briard grava música em português com produção de Benke Ferraz, dos Boogarins; ouça

Pedro Antunes

10 Abril 2018 | 08h43

Numa noite quente de verão europeu, entorpecida por músicas como Garota de Ipanema e Meditação, ambas co-escritas por Antônio Carlos Jobim, a francesa Laure Briard fez da sua insônia um mergulho pela bossa nova, pouco antes de uma turnê de três semanas pelo Brasil.

Laure Briard (Foto: Andre? Pe?niche)

Sem falar português, a moradora de Toulouse, cidade que fica ao sul da França, percebeu que as palavras da língua tão bem usada por Tom Jobim estavam ali, “grudadas na minha cabeça”, como ela diz.

Surgiu, assim, Janela, a primeira incursão da artista de uma espécie de indie tropical francês pelas canções em português, lançada nesta terça-feira, 10 de abril – e que pode ser ouvida ao final do texto.

A faixa integrará o EP Coração Louco, a ser lançado em maio, com produção de Benke Ferraz, o guitarrista dos Boogarins, e apoio do Le Bureau Export, uma associação que ajuda a levar a música francesa para o resto do mundo. O EP sai pela gravadora Midnight Special Records.

Laure Briard (Foto: Andre? Pe?niche)

Janela é uma passagem para a introspecção de Laure Briard naquela noite de verão europeu, a olhar pela janela do seu apartamento. Ela canta suas aflições: “já não sei o que magoa o coração”, diz, com um adorável sotaque. “Paciência, paciência”.

Iniciada como uma homenagem à bossa nova, a faixa ganha, com a produção de Benke, colagens e loopings. Ganha vida própria, um hipnotizante convite para conhecer o que há mais nessa ponte Brasil-França aberta por Laure – dona de dois discos, Révélation (2015) e Sur La Piste de Danse (2016).

Uma delicinha pop que soube captar o sabor de uma abafada e insone noite de verão.

Laure Briard (Foto: Andre? Pe?niche)

Para entender a relação de artista com os Boogarins, é preciso voltar no tempo, em maio de 2017, quando a francesa conheceu a banda de Goiânia no festival South By Southwest, realizado em Austin, no Texas. Depois, tocaram juntos no México e, por fim, Laure veio ao Brasil, em uma turnê de três semanas, já com Janela criada.

De volta a Toulouse, a francesa ansiou por mais canções em português. Com a ajuda de um gravador e do tradutor do Google, a artista criou outras seis músicas que estarão novo EP.

+++ Siga o autor do blog e conheça o ‘Tem um Gato na Minha Vitrola’, um programa de música feito diretamente nos stories do Instagram

Gravou as canções no seu retorno ao Brasil, no início deste ano, registrado no estúdio Mestre Felino, em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, com participações dos outros integrantes do Boogarins e da banda Hierofante Púrpura – grupo que, se nunca ouviu, é bom tirar o atraso já.

A data do lançamento do EP Coração Louco ainda não foi definida – será no mês de maio -, mas, em agosto, Laure estará de volta ao País para uma nova turnê, agora, com o disco na bagagem.

Janela já pode ser ouvida no player abaixo: