Akeem Music busca a beleza do extraordinário em um mundo ordinário no clipe de ‘Extraordinary In The Ordinary’, assista
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Akeem Music busca a beleza do extraordinário em um mundo ordinário no clipe de ‘Extraordinary In The Ordinary’, assista

Pedro Antunes

17 Janeiro 2018 | 09h01

Por mais ciente que se esteja, nada pode preparar para o momento que a água deixa o balde e bate na cuca.

É a ironia de se estar preparado para tudo e, ao mesmo tempo, incapaz de prever coisa alguma.

Akeem Music (Foto: Gabriel Granja)

Veja, na foto acima, a expressão do músico porto-alegrense Akeem Delanhesi, músico a frente do projeto indie-cool-gostosinho Akeem Music, cujo disco de estreia The Real Meaning of Revolution, Only Astronomers Know, do ano passado, foi produzido pelo maluco beleza norte-americano Darwin Deez.

Akeem, pleno, sabia que a água estava a caminho. Vestia sua capa de chuva saída diretamente dos desenhos do Pica-Pau nas cataratas do Niágara – ou roubada do guarda-roupas de Axl Rose, do Guns N’ Roses.

Agora, na imagem abaixo, perceba a expressão do músico quando ele recebe o jato diretamente na cabeça.

Akeem Music (Foto: Gabriel Granja)

Como estar de fato preparado para isso?

Por mais que se preveja, planeje, projete, espere, é impossível compreender e controlar a reação quando a coisa toda ocorre, em si.

Assim foi na sessão de fotos – divertidíssima, por sinal – e, metaforicamente, é a vida.

Vive-se o ordinário, anestesiado pela regularidade das ocorrências, pela previsibilidade do banal.
E, por vezes, pam!
É impossível estar preparado para o extraordinário.

É o que torna o comum em algo único, afinal.

+++ Siga o autor no Instagram e conheça o ‘Tem um Gato na Minha Vitrola’, um programa de música feito diretamente nos stories da rede social. 

Akeem Music fez o exercício de transportar esse sentimento em música com Extraordinary in the Ordinary, canção cujo clipe estreia aqui no blog (e pode ser assistido ao final do texto).

A própria existência da canção é extraordinária dentro do contexto de um disco que brinca com recursos eletrônicos e com as guitarras.

E, subitamente, na quarta faixa, o fim do lado A, Akeem dá voz ao extraordinário ao violão, acompanhado de Dé Silveira, do grupo Cartolas.

Chegam versos em português num disco cantado em inglês. Cantam sobre a esperança do extraordinário em meio ao ordinário. Sobre alguém especial, a esperar por ele, em algum lugar.

Porque, quando o extraordinário acontece, é como um banho de água arremessada de um balde. Não é ruim – em um dia de calor, pelo menos. O impacto é sempre imprevisível. Como uma nova paixão, que nos tira o chão, as certezas e convicções.

Prever é impossível.
Ainda bem.

O Akeem Music registrou o vídeo de Extraordinary in the Ordinary no Teatro Bruno Kieffer, na Casa de Cultura Mário Quintanna, em Porto Alegre, e adotou uma estética distinta se comparado aos outros vídeos do artista.

“Queria um clipe com um ar um pouco mais sério, teatro, terno, etc. A ideia do disco e principalmente dessa música é passar o quanto de extraordinário se encontra em coisas ordinárias da vida”, diz Akeem.

“Para contrabalancear essa seriedade, eu tive a ideia de colocar uns ninjas atuando comigo para não perder muito a nossa essência de ser um pouco divertido. Gosto muito de mesclar o surrealismo e coisas que não tem muita explicação”, conclui.

Para celebrar o lançamento do clipe de Extraordinary in the Ordinary, Akeem Music se apresenta no Bar Ocidente (localizado na Av. Osvaldo Aranha, 960, na esquina com a Rua General João Telles), nesta quinta-feira, 18, a partir das 22h, em conjunto com o Cartolas.

Ouça ao disco The Real Meaning of Revolution, Only Astronomers Know, abaixo: