Aconteceu no Alemão, virou notícia

Patrícia Villalba

15 de dezembro de 2010 | 23h26

Vi hoje uma notícia de que a primeira sex shop a ser instalada num morro pacificado será inaugurada no Complexo do Alemão.

Eu, que sou paulista, nunca tinha visto algo semelhante, e é capaz que nem mesmo os cariocas, já acostumados com as pacificações de áreas que eram tomadas pelo tráfico de drogas , tenham visto. Desde a operação das forças de segurança aconteceu, há pouco de um mês, que tudo o que acontece no Alemão é notícia.

O Edu Guedes estava outro dia suando em bicas numa laje do Alemão, fazendo sardinha no programa Hoje em Dia, da Record. Olha que coisa mais prosaica, justo sardinha que é tão fácil de fazer. Antes, num daqueles momentos pouco lisonjeiros para a TV: o Celso Zucatelli, no mesmo Hoje em Dia, apresentou reportagem sobre oRenê Silva dos Santos, de 17 anos, que, como se sabe, alimentou o Twitter de notícias sobre a invasão da favela.

O apresentador não perdeu a oportunidade de lembrar que no ano passado, a emissora mostou uma reportagem sobre o garoto e sua redação de jornal. “Lembre-se que você viu primeiro na Record”, disse ele, prevenindo-se da inevitável “descoberta” do personagem pelo restante da imprensa.

Pois sábado passado, o Caldeirão do Huck esteve no Alemão, visitou Renê e montou uma redação com computadores e tudo o mais para ele. Mais de um marmanjo comentou comigo sobre o programa com emoção. Chego a pensar que a grande exploração da mídia pelo Complexo do Alemão deve ser proporcional ao interesse de todo mundo pelo lugar. O Casseta & Planeta gravou no Alemão. O RJTV não sai do Alemão. Já estou me sentindo de fora porque ainda não fui lá.

Pelo que converso com os cariocas aqui, todos acham que é uma sensação muito boa ver um dia comum no Alemão, o lugar onde tudo parece incomum. Da instalação da sex shop ao teleférico.

Quem viu de perto me contou que o teleférico tem uma particularidade: da cabine se tem a visão do quintal das pessoas. Deve ser um Google Earth para os 30 mil que devem passar pra lá e pra cá. Vai ser inagurado em março. Com certeza será um dos eventos do ano. Com certeza, eu vou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: