Veneza celebra Mrs. Redgrave

Veneza celebra Mrs. Redgrave

Rodrigo Fonseca

24 de julho de 2018 | 10h17

Vanessa Redgrave em cena de “Desejo e Reparação” (2007)

Rodrigo Fonseca

Empenhado a ser a maior e mais febril celebração da cinefilia mundial de 2018, o 75. Festival de Veneza (realizado de 29 de agosto a 8 de setembro) vem apostando em escolha midiáticas de prestígio pra atrair os olhos da imprensa e toda a atenção de Hollywood, tomando atitudes louváveis como coroar a diva Vanessa Redgrave com um Leão de Ouro de honra. Estamos falando de uma lenda das telas e dos palcos. Um talento singular. E esteve no belo épico “Desejo e Reparação”, que passou pelo Lido em 2007. Além dela, o evento vai premiar David Cronenberg pelo conjunto de seus filmes autorais.

  • Nesta quarta, o festival italiano vai anunciar suas atrações, que vão correr em paralelo ao filme de abertura, First Man (aqui O Primeiro Homem), de Damien Chazelle. Especula-se que vamos ter por lá “The Sisters Brothers”, de Jacques Audiard; “As Filhas do Fogo (Vitalina Varela)”, de Pedro Costa, e “Domingo”, de Fellipe Barbosa.