Trailer do novo Shyamalan investe no medo e no talento de James McAvoy

Trailer do novo Shyamalan investe no medo e no talento de James McAvoy

Rodrigo Fonseca

27 Julho 2016 | 13h53

James McAvoy, o jovem Professor Xavier de 'X-Men', tem múltiplas (e perigosas) personalidades em

James McAvoy, o jovem Professor Xavier de ‘X-Men’, tem múltiplas (e perigosas) personalidades em “Split”, de M. Night Shyamalan

RODRIGO FONSECA

Multiplica-se feito febre Pokémon na web o trailer do thriller Split, o novíssimo projeto do cineasta M. Night Shyamalan, trazendo James McAvoy na pele de um psicopata cuja mente fraturou-se em 23 personalidades diferentes, sendo também mulher, criança e a própria Besta. A estreia só acontece em janeiro, mas as apostas em torno de seu potencial êxito de público já começaram, não apenas pela concorrida visualização nas redes sociais, mas pelo fato de o longa-metragem representar a volta do diretor de O Sexto Sentido ao terreno no qual ele – um artesão dos mais sólidos – tem fôlego de se tornar um mestre autoral: o terror. Basta uma olhadinha no êxito de A Visita, que só custou US$ 5 milhões e faturou US$ 98 milhões mundialmente para entender que, na seara do medo, ele pode se sedimentar como um Midas.

“Há alguns anos, fui fechado por um carro enquanto voltava de uma reunião, lá na Filadélfia, e, quando tentei cortar o sujeito, ele acabou emparelhando comigo num sinal e, com uma voz ameaçadora, disse: “Não é só porque você faz cinema que você pode fazer o que bem quiser na vida”. Aquilo me deu medo. E me fez pensar o quanto as situações de pânico podem ser cotidianas”, disse Shyamalan, em sua passagem pelo Brasil em 2015, ao lançar a (genial) série Wayward Pines no Brasil.

 

Em Split, três jovens são capturadas por Kevin, o spi de múltiplas personalidades vivido por McAvoy, e penam o diabo para fugir dele. As primeiras imagens do longa evocam todo o timbre de tensão que Shyamalan imprimiu em sua obra-prima: A Vila (2004).