Tem curta brasileiro na briga pelo Urso de Ouro

Tem curta brasileiro na briga pelo Urso de Ouro

Rodrigo Fonseca

09 Janeiro 2017 | 12h22

Curta

Curta “Estás Vendo Coisas”: cena brega

RODRIGO FONSECA

Definido por seus realizadores como um exercício de observação do fenômeno da produção e circulação de imagens que sustentam a economia da cena de música brega do Recife, o filme Estás Vendo Coisas, de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca, vai representar o Brasil na disputa pelo Urso de Ouro no 67º Festival de Berlim (9 a 19 de fevereiro). Vai ter Brasil ainda nas mostras paralelas Panorama – os longas Vazante e Pendular – e Geração – as produções também de longa metragem As Duas Irenes e A Mulher do Pai -, sendo que na competição oficial principal ainda há vagas para serem preenchidas. A atração de abertura será Django, um biopic do jazzista Django Reinhardt pilotada por Etienne Comar.

 

Eis a lista de curtas em concurso:

Altas Cidades de Ossadas (High Cities of Bone), João Salaviza, Portugal, 19’ (WP)

Avant l’envol, Laurence Bonvin, Suíça, 20’ (IP)

The Boy from H2, Helen Yanovsky, Israel / Palestina, 21’ (WP)

Call of Cuteness, Brenda Lien, Alemanha, 4’ (WP)

Centauro (Centaur), Nicolás Suárez, Argentina, 14’ (IP)

Cidade Pequena (Small Town), Diogo Costa Amarante, Portugal, 19’ (IP)

Coup de Grâce, Salomé Lamas, Portugal, 26’ (WP)

The Crying Conch, Vincent Toi, Canadá, 20’ (WP)

Ensueño en la Pradera (Reverie in the Meadow), Esteban Arrangoiz Julien, México, 17’ (WP)

Estás vendo coisas (You are seeing things), Bárbara Wagner & Benjamin de Burca, Brasil, 18’ (IP)

Everything, David OReilly, EUA/ Irlanda, 11’ (WP)

Le film de l’été (A Summer’s Film), Emmanuel Marre, France / Bélgica, 30’ (WP)

Fishing Is Not Done On Tuesdays, Lukas Marxt & Marcel Odenbach, Alemanha/ Áustria, 15’ (WP)

Fuera de Temporada (Out of Season), Sabrina Campos, Argentina, 23’ (WP)

Hiwa, Jacqueline Lentzou, Grécia, 11’ (WP)

Os Humores Artificiais (The Artificial Humors), Gabriel Abrantes, Portugal, 30’ (WP)

keep that dream burning, Rainer Kohlberger, Alemanha / Áustria, 8’ (WP)

Kometen (The Comet), Victor Lindgren, Sweden, 11’ (IP)

Martin Pleure (Martin Cries), Jonathan Vinel, França, 16’ (WP)

Miss Holocaust, Michalina Musielak, Polônia / Alemanha, 22’ (WP)

Oh Brother Octopus, Florian Kunert, Alemanha, 27’ (WP)

The Rabbit Hunt, Patrick Bresnan, EUA / Hungria, 12’ (IP)

Street of Death, Karam Ghossein, Líbano/ Alemanha, 23’ (WP)