Sonia Braga ganha o Oscar latino em Madri

Sonia Braga ganha o Oscar latino em Madri

Rodrigo Fonseca

22 de julho de 2017 | 19h00

Sonia Braga no longa de Kleber Mendonça Filho: vitória em Madri

Rodrigo Fonseca
Considerado uma espécie de Oscar latino-americano e ibérico, os Prêmios Platino coroaram o desempenho de Sonia Braga em Aquarius, cerca de um ano e dois meses depois da primeira projeção pública do longa-metragem pernambucano, em Cannes, em maio de 2016. A vitória da atriz, paranaense de Maringá, ocorreu numa cerimônia de gala na Cajá Mágica, estádio e centro de convenções de Madri. Na ocasião, ela elogiou o roteiro escrito pelo diretor Kleber Mendonça Filho (“o melhor que li na minha vida”) que marcou seu regresso à língua portuguesa na tela grande, depois de anos atuando em Inglês. Na trama, ela vive a crítica de música Clara, em confronto com a corretora que quer desapropriar o prédio onde ela vive há décadas.

“Essa vitória deveria ser um hastag @equipeaquarius, pois é um filme de nós todos”, disse a atriz, já homenageada nos Platino, em 2014. “Eu fui homenageada quando o José Wilker, meu grande amigo morreu. Pelo menos pude aproveitar a cerimônia para falar dele para todos, na época”.

Tendências: