Sam Elliott sobe de posto em Hollywood com ‘The Hero’

Sam Elliott sobe de posto em Hollywood com ‘The Hero’

Rodrigo Fonseca

05 de junho de 2017 | 09h53

Sam Elliott pode enfim conquistar o Oscar por “The Hero”: um fruto de Sundance

RODRIGO FONSECA
Dono de uma das vozes mais rascantes de Hollywood, na ativa desde 1969, Sam Elliott quase teve a chance de passar para o time A da indústria americana quando teve seu nome cotado aos prêmios de coadjuvante por sua atuação ao lado de Lily Tomlin em Aprendendo com a Vovó (2015), mas o filme acabou sendo injustamente apagado. E isso se deu enquanto ele provava do gostinho da popularidade televisiva com a série The Ranch e com Grace and Frankie. Há uma nova chance – merecida – de evolução para ele agora, com a estreia nos EUA, na próxima sexta-feira, do drama de tintas cômicas The Hero, que, em janeiro, saiu do Festival de Sundance cravejado de elogios. A estreia é pequenina, bem restrita, para não obliterar a trajetória do longa-metragem de Brett Haley em direção ao Oscar, em especial o de melhor ator. Elliott encarna um astro de faroestes que um dia foi um mito, mas que agora se vê nas franjas do ocaso, na mira de uma doença terminal. Sua atuação é memorável.