Paizinho Vírgula em doc de Bryce Dallas Howard

Paizinho Vírgula em doc de Bryce Dallas Howard

Rodrigo Fonseca

19 de junho de 2020 | 13h12

Bryce Dallas e Ron Howard na produção de “Pais” (“Dads”), da Apple TV

Rodrigo Fonseca
Envolvida com o projeto “Jurassic Park: Dominion”, Dryce Dallas Howard, a estrela do genial “A Vila” (2004), confirma sua excelência artística em outra latitude, a da direção, com o projeto documental “Dads”, lançado hoje na Apple TV, no qual trabalhou com seu pai, o cineasta Ron Howard (de “Splash” e “Rush”), para fazer uma investigação sobre paternidade em múltiplas vias, a partir dos novos arranjos familiares. Em “Pais”, ela documenta a rotina em família de famosos como Will Smith, Judd Apatow, Ken Jeong, Neil Patrick Harris, Conan O’Brien, Jimmy Fallon, Jimmy Kimmel e Kenan Thompson. Entre os depoentes está o brasileiro Thiago Queiroz, pai de três filhos, educador parental, criador do mais influente portal sobre paternidade, o “Paizinho Virgula!”, escritor, youtuber, e podcaster.
“Eu me sinto extremamente feliz e honrado por fazer parte de um projeto internacional e com o impacto que ele vai trazer provocando essas discussões sobre a importância do papel ativo e afetivo dos homens na paternidade”, disse Thiago ao P de Pop. “Esse movimento é uma das minhas missões de vida e é muito recompensador poder fazer parte disso. Nunca tinha pensado que eu poderia participar de um documentário hollywoodiano né? Fiquei meio sem saber direito como que ia conseguir contribuir para um projeto desse, então foi muito gratificante saber que a minha história tinha uma razão, que a minha história poderia ajudar”.
A vida de Thiago mudou pra melhor com a chegada de seu primeiro filho, quando decidiu que queria que “tudo fosse diferente” do que tinham feito com ele no que diz respeito à vivência cotidiana da paternidade. Seu trabalho no “Paizinho Virgula!” esbanja lirismo.

p.s.: Às 15h desta sexta-feira rola uma sessão online do filme “Arroz, Feijão e Cinema” no facebook.com/pontocine. É uma projeção ligada à Mostra Zona Norte de Cinema, com direito a um papo no Instagram entre o exibidor Adailton Medeiros, do Ponto Cine, e o diretor Léo Barros, às 20h30, conversando sobre estéticas da periferia e expressões poéticas da imagem.

p.s.2: Tem Wagner Moura na Globo esta madrugada, no “Corujão”: às 4h passa “Romance” (2008), de Guel Arraes. É uma lírica reflexão sobre a dimensão possessiva do amor, com a atriz Letícia Sabatella no auge do talento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.