Gramado cura sua larica com o humor de Paulo Tiefenthaler

RODRIGO FONSECA Comédias são animais peçonhentos para a lógica de nove entre dez festivais de cinema do mundo, que, viciados no realismo social, esnobam o poder reflexivo da ironia, sobretudo se esta ironia andar de braços dados com a saliência sexual e com a malandragem, como faz o afrodisíaco O Roubo da Taça. Ele é … Continue lendo Gramado cura sua larica com o humor de Paulo Tiefenthaler