De Xavier Dolan a Zé Padilha: apostas para a Berlinale 68

De Xavier Dolan a Zé Padilha: apostas para a Berlinale 68

Rodrigo Fonseca

03 de novembro de 2017 | 18h38

Xavier Dolan mostra imagens de seu novo filme, The Death and Life of John F. Donovan, para a atriz Jessica Chastain e o ator Kit Harrington

Rodrigo Fonseca
Como os Irmãos Coen estão finalizando um projeto de seis episódios em forma de western para o NetFlixThe Ballad of Buster Scruggs, com James Franco e Tim Blake Nelson -, são fortes as chances de essa produção acabar no canteiro Berlinale Series do 68º Festival de Berlim (15 a 25 de fevereiro), dado carinho deles pelo evento. Mas as apostas no line-up da edição 2018 do evento trazem pugilistas audiovisuais dados a nocaute, como Wes Anderson, que deve brigar pelo Urso de Ouro com sua animação Ilha dos Cachorros. Dizem que o coreano Kim Ki-Duk vai dar um pulo lá também, com seu The Time of Humans, a fim de arrancar um prêmio dos jurados presididos pelo alemão Tom Tykwer. Falam ainda que a francesa Mia Hansen-Love vá passar por lá com o drama Maya, falando de um repórter de guerra que vai curar suas cicatrizes mentais na Índia. O dinamarquês Thomas Vinterberg está finalizando Kursk agora e pode ser um dos concorrentes do evento com a reconstituição para a tragédia homônima, ligada a um submarino que tem Colin Firth a bordo. É provável que o americano Terrence Malick passe por lá com Radegund, recriando a saga de um austríaco que se opôs aos nazistas. E especula-se que Jean-Luc Godard possa dar um alô aos alemães com seu Le Livre d’Image. E tudo indica que o canadense Xavier Dolan vá trocar seu lugar cativo em Cannes para buscar novos ares (e um Urso) com The Death and Life of John F. Donovan, aproveitando o charme de Natalie Portman e Jessica Chastain. E pode haver uma chance do carioca José Padilha entrar em campo com Entebbe, um thriller sobre um sequestro de avião com Daniel Brühl. Há especulações acerca da presença de Petra Costa por lá com seu documentário sobre o impeachment, mas nada é certo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: