Cannes se prepara para fazer ‘meia-nove’ com amor ao muso da Nouvelle Vague: Jean-Pierre Léaud

Cannes se prepara para fazer ‘meia-nove’ com amor ao muso da Nouvelle Vague: Jean-Pierre Léaud

Rodrigo Fonseca

10 de maio de 2016 | 13h29

Jean-Pierre Léaud em

Jean-Pierre Léaud em “La Mort de Louis XIV”

Começa em menos de 24 horas o 69° Festival de Cannes (11 a 22 de maio) e, faltando pouco para a disputa pela Palma de Ouro 2016 começar, com direito à presença do longa-metragem pernambucano Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, no certâmen, a organização do evento surpreende a todos com uma bem-vinda homenagem ao ator Jean-Pierre Léaud. Espécie de cara-metade do diretor François Truffaut nos anos 1960 e 70, celebrizado como o menino sem amparo afetivo de Os Incompreendidos (1959), Léaud é hoje um septuagenário (71 no lombo) ainda cheio de fôlego para atuar, com um trabalho inédito, a ser exibido na Croisette fora de concurso no dia 19: La Mort de Louis XIV, do catalão Alberto Serra. Três dias depois, o veterano astro da Nouvelle Vague ganha a Palma de Honra, pelo conjunto de sua carreira, que inclui uma parceria com o baiano Glauber Rocha em O Leão de Sete Cabeças (1970).

Mas vale lembra que, por medo do terrorismo, a direção de Cannes tem feito uma série de testes de evacuação em massa a fim de assegurar a segurança do Palais des Festivals. Porém, estes ensaios apenas fazem aumentar a instabilidade aqui.

A lista de longas concorrentes à Palma de Ouro:

  • The Last Face, de Sean Penn;
  • The Salesman, de Asghar Farhadi
  • Aquarius, de Kléber Mendonça Filho;
  • Elle, de Paul Verhoeven;
  • La Fille Inconnue, de Jean-Pierre e Luc Dardenne;
  • Ma Loute, de Bruno Dumont;
  • Julieta, de Pedro Almodóvar;
  • Ma’Rosa, de Brillante Mendoza;
  • The Handmaid, de Park Chan-Wook;
  • Loving, de Jeff Nichols;
  • Paterson, de Jim Jarmusch;
  • Juste la Fin du Monde, de Xavier Dolan;
  • Neon Demon, de Nicolas Winding Refn;
  • Sierra Nevada, de Cristi Piu;
  • Toni Erdmann, de Maren Ade;
  • Mal de Pierres, de Nicole Garcia;
  • Bacalaureat, de Cristian Mungiu;
  • American Honey, de Andrea Arnold;
  • Personal Shopper, de Olivier Assayas;
  • Rester Vertical, de Alain Giraudie;
  • I, Daniel Blake, de Ken Loach.