Cannes se encanta pela magia de Neil Gaiman

Cannes se encanta pela magia de Neil Gaiman

Rodrigo Fonseca

21 Maio 2017 | 10h08

Neil Gaiman é o autor do divertido texto “How to Talk to Girls at Parties”, que foi transformado em HQ pelos gêmeos Gabriel Bá e Fábio Moon e foi filmado por John Cameron Mitchell

RODRIGO FONSECA

Estrelado por Elle Fanning e Nicole Kidman, How to Talk to Girls at Parties, novo filme de John Cameron Mitchell (Hedwig), entrou em Cannes for a de concurso, em exibições vespertinas que serviram para aproximar o festival francês – no auge de sua edição 7.0 – da prosa de Neil Gaiman, um dos mais aclamados quadrinistas do mundo. Neste momento em que a versão para a TV de seu romance American Gods vira cult, em parte pelo desempenho do ator Ian McShane, a opção do curador cannoise Thierry Frémaux de traze este longa-metragem para o evento é uma forma de referendar, em meio à Meca pensante do cinema, a importância de Gaiman para a cultura pop. Não por acaso as livrarias da cidade e arredores reposicionam em suas prateleiras os gibis do pai de Sandman, em especial o álbum filmado por Mitchell, cujo traço é dos gêmeros brasileiros Gabriel Bá e Fábio Moon.

Em relação à competição oficial de Cannes, os favoritos à Palma de Ouro são 120 Batimentos por Minutos, de Robin Campillo, e The Square, de Ruben Östlund. Louis Garrel desponta na briga pelo troféu de melhor ator por seu trabalho como Jean-Luc Godard em Le Redoutable, e Noah Baumbach é, até aqui, o mais forte candidato ao prêmio de melhor roteiro por seu delicioso The Meyerowitz Stories. Os prêmios serão anunciados no dia 28