A HQ do ano

A HQ do ano

Rodrigo Fonseca

21 de dezembro de 2015 | 09h14

Reuben Flagg American Flagg abc 13

Aplausos para a Mythos por aquele que pode, com facilidade, ser classificado de “o lançamento do ano” no mercado nacional de HQs: a publicação da edição encadernada dos 12 volumes de American Flagg!, a obra-prima de Howard Chaykin. O material foi publicado a partir de 1983, pela First Comics. Com um padrão de luxo raro para o mercado brasileiro, a compilação traz ainda um prefácio do escritor Michael Chabon (de Garotos Incríveis) ressaltando a natureza política de Reuben Flagg, espécie de 007, só que mais cínico. Ex-astro de TV, ele é transformado em um ranger, com permissão para matar, na Chicago de 2030, cheia de engenhocas tecnológicas e repleto de beldades com os hormônios à flor da pele nua.

“Reuben é um herói imperfeito, com os pés atolados na sujeira, com um jeitão todo introspectivo e egoísta de agir”, define Chaykin em entrevista por e-mail ao P de Pop. “As influências estéticas que usei como referências para a série vieram de estilistas como Valentino, Gaultier e Armani, além da arquitetura de Oscar Niemeyer”.

Tudo o que sabemos sobre:

American Flagg!Howard Chaykin

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.