3 x Brasil na Berlinale 2020

3 x Brasil na Berlinale 2020

Rodrigo Fonseca

17 de dezembro de 2019 | 13h44

Roberto Benigni é o Geppetto do “Pinóquio” de Matteo Garrone

Rodrigo Fonseca
Vai ter Brasil em dose tripla na próxima Berlinale: Matias Mariani entra com seu CIDADE PÁSSARO na Panorama; Caru Alves de Souza, com MEU NOME É BAGDÁ na Generation; e Ana Vaz, com APIYEMIYEKÎ na Forum Expanded. A organização do Festival de Berlim divulgou nesta terça-feira (17) a lista de selecionados da 70ª edição do evento (agendada de 20 de fevereiro a 1º de março), que vai prestar uma homenagem à atriz inglesa Helen Mirren, a ser agraciada com o Urso de Ouro Honorário. Já está confirmada também uma retrospectiva do realizador americano King Vidor (1894-1982), indicado múltiplas vezes ao Oscar por conta de sucessos como “O Campeão” (1931). Ainda não se sabe quais serão os concorrentes ao Urso dourado de 2020. Estima-se a presença de inéditos de Naomi Kawase, Thomas Vinterberg e François Ozon.
Berlinale Special Gala (fora de competição):
– “Pinocchio”, de Matteo Garrone.

Perspektive Deutsches Kino:
– “Ein Fisch, der auf dem Rücken schwimmt” (A Fish Swimming Upside Down), de Eliza Petkova;
– “Garagenvolk” (Garage People), de Natalija Yefimkina;
– “Kids Run”, de Barbara Ott;
– “Walchensee Forever”, de Janna Ji Wonders.

“Cidade Pássaro”

Panorama:
– “The Assistant” (EUA), de Kitty Green;
– “Aufzeichnungen aus der Unterwelt” (Notes from the Underworld, Áustria), de Tizza Covi e Rainer Frimmel – Panorama Dokumente;
– “Bloody Nose, Empty Pockets” (EUA), de Bill Ross e Turner Ross;
– “Cidade Pássaro” (Shine Your Eyes, Brasil / França), de Matias Mariani;
– “Digger” (Grécia / França), de Georgis Grigorakis;
– “Eeb Allay Ooo!” (Índia), de Prateek Vats;
– “Exil” (Exile, Alemanha / Bélgica / Kosovo), de Visar Morina;
– “Futur Drei” (No hard feelings, Alemanha), de Faraz Shariat;
– “Håp” (Hope, Noruega / Suécia), de Maria Sødahl;
– “Jetzt oder morgen” (Running on Empty, Áustria), de Lisa Weber – Panorama Dokumente;
– “Kød & Blod” (Wildland, Dinamarca), de Jeanette Nordahl;
– “Las Mil y Uma” (Argentina / Alemanha), de Clarisa Navas;
– “Pari” (Grécia / França / Holanda / Bulgária), de Siamak Etemadi;
– “Petite fille” (Little Girl, França), de Sébastien Lifshitz – Panorama Dokumente;
– “Schwarze Milch” (Black Milk, Alemanha / Mongólia), de Uisenma Borchu;
– “Si c’était de l’amour” (If It Were Love, França), de Patric Chiha – Panorama Dokumente;
– “Suk Suk” (Hong Kong / China), de Ray Yeung;
– “Welcome to Chechnya” (EUA), de David France – Panorama Dokumente.

Forum Expanded:
– “A I O U” (EUA), de Anton Vidokle, Adam Khalil e Bayley Sweitzer;
– “Al-Houbut” (The Landing, Líbano / Emirados Árabes Unidos), de Akram Zaatari;
– “APIYEMIYEKΔ (Brasil / França / Holanda), de Ana Vaz;
– “Citizens of the Cosmos” (EUA / Japão / Ucrânia), de Anton Vidokle;
– “Equinox” (EUA), de Margaret Honda;
– “Half Blue” (EUA / Líbano), de Joe Namy;
– “Harvard Peabody Expedition to Netherland New Guinea 1961” (EUA), de Ernst Karel e Veronika Kusumaryati;
– “INFINITY minus Infinity” (Reino Unido / Emirados Árabes Unidos / Bélgica), de The Otolith Group;
– “The Phantom Menace” (Reino Unido), de Graeme Arnfield;
– “Purple Sea” (Alemanha), de Amel Alzakout e Khaled Abdulwahed;
– “Quantum Creole” (Alemanha / França / Portugal / Espanha), de Filipa César;
– “Recovery” (EUA), de Kevin Jerome Everson;
– “Shipwreck at the Threshold of Europe, Lesvos, Aegean Sea: 28 October 2015” (Reino Unido), de Forensic Architecture;
– “The Sun” (Canadá), de Kika Thorne.

Acerca da esperada versão de “Pinóquio” (“Pinocchio”), dirigida por Matteo Garrone (de “Gomorra”), a expectativa é das mais altas… uma expectativa de momentos lúdicos na telona da Berlinale Palast. Foi Jeremy Thomas (de “O último imperador”) quem produziu, fiando-se em um orçamento estimado em € 14,7 milhões. Roberto Benigni vive Geppetto e Federico Ielapi foi escalado para viver o boneco de madeira que sonha ganhar carne e osso, para virar um guri de verdade. O longa estreia dia 19, de olho nas bilheterias geralmente gorduchas da temporada de Natal. Na França, o lançamento será no dia 18 de março.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: