‘1917’ e Tarantino brilham no Golden Globe

‘1917’ e Tarantino brilham no Golden Globe

Rodrigo Fonseca

06 de janeiro de 2020 | 01h16

Balanço geral da noite da Hollywood Foreign Press Association (HFPA): mexer com a Marvel não é um bom negócio; esnobar o sagrado poder da tela grande é uma tolice; Quentin Tarantino, você é um gigante; “1917”, de Sam Mendes, pode (e deve) ter uma carreira linda.

Placar do Globo de Ouro 2020
Filme
Drama: “1917”, de Sam Mendes
Comédia/ Musical: “Era uma vez… em Hollywood”, de Quentin Tarantino
Atriz
Drama: Renée Zellweger (“Judy”)
Comédia/ Musical: Joaquin Phoenix (“Coringa”)
Ator
Drama: Awkwafina (“A Despedida”)
Comédia/ Musical: Taron Egerton (“Rocketman”)
Atriz Coadjuvante: Laura Dern (“História de um casamento”)

Ator Coadjuvante: Brad Pitt (“Era uma vez… em Hollywood”)
Direção: Sam Mendes (“1917”)
Roteiro: Quentin Tarantino (“Era uma vez… em Hollywood”)
Animação: “Link Perdido”, de Chris Butler
Filme Estrangeiro: “Parasita”, de Bong Joon-ho
Trilha sonora: Hildur Guðnadóttir (“Coringa”)
Canção: “I’m gonna love me again”, de Elton John e Bernie Taupin, em “Rocketman”

Tudo o que sabemos sobre:

Golden GlobeGlobo de Ouro1917Sam Mendes

Tendências: