No pique de Kamala
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No pique de Kamala

Murilo Busolin Rodrigues

14 de novembro de 2020 | 23h03

‘Nós conseguimos, Joe.’ essas foram as primeiras palavras de Kamala Harris, a primeira mulher negra, filha de imigrante, eleita como a mais nova vice-presidente da maior potência econômica do mundo, os Estados Unidos.

Não caberia neste texto o tamanho de toda a representatividade que a vitória de Kamala (claro, que ao lado de Joe Biden) tem no mundo, principalmente neste último difícil ano. Ela defende a população negra e toda a sigla LGBTQIA+. Direitos básicos.

A próxima vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris. .FOTO: Saul Loeb/AFP

Claro que eu comemorei, mas o meu foco aqui é diferente e minimamente curioso. Você já pensou quais são as músicas que um presidente ou vice-presidente dos EUA tem em sua playlist? A família Obama, mesmo após dois mandatos, disponibiliza até hoje as canções que mais ouviram durante o verão e também durante o ano.

Sim, todas elas condizem com os seus discursos e posicionamentos – e também poderiam ser tocadas facilmente em qualquer festinha pré-coronavírus que eu costumava frequentar. Saudades.

A mais recente de Barack é supereclética e conta como hits de Billie Eilish (my future), The Chicks (Gaslighter), Jorja Smith (Be Honest) e até J Balvin (Un Día).

Respeitando todos os posicionamentos políticos existentes, mas se você, assim como eu, ficou motivado com a vitória de Harris e gostaria de saber o que ela ouve em seu dia a dia, em uma rápida pesquisa descobri, em uma entrevista para a revista Rolling Stone, que a democrata tem um gosto muito parecido com o meu (cá entre nós, um ótimo gosto).

O verão de Kamala foi animado e embalado por Mary J Blige (Work That), a atemporal Push It do grupo Salt-N-Pepa, hits de Aretha Franklin, Ari Lennox, James Brown, Stevie Wonder e os hinos de empoderamento e liberdade de Beyoncé, com Freedom, Before I Let Go e Girl de sua época de Destiny’s Child.

Um detalhe: a segunda música da lista é Like a Girl, de Lizzo, que começa com o verso poderoso “Woke up feelin’ like I just might run for president” – do literal “Acordei me sentindo como se fosse concorrer para presidente”.

Deu certo para Kamala e garanto que vai te colocar para cima também.

 

CONECTE-SE

Pra ficar de olho

Já que o tema é playlist, que tal experimentar um novo artista em ascensão no pop brasileiro? O cantor queer Chameleo juntou forças com que Pabllo Vittar para lançar a deliciosa e viciante frequente(mente).

O artista independente com visuais e letras impactantes lançou na última sexta (13) a música e o vídeo. O clipe tem uma superprodução e conta com uma pegada caprichada de ficção científica, além de ser a estreia de Federico Devito como diretor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: