Cezar e Paulinho se preparam para lançar projeto chamado ‘Discografia’

Cristiane Bomfim

15 de julho de 2012 | 21h47

Por Cristiane Bomfim

Divulgação/Site da dupla

Cezar e Paulinho mal lançaram Alma Sertaneja (CD e DVD de modões sertanejos gravados ao vivo ao lado de nomes como Inezita Barroso e Chitãozinho e Xororó) e já ensaiam mais um projeto. Até o fim do ano, deve chegar às lojas o ‘Discografia’, um álbum com 25 músicas gravadas só na voz e violão.

“Escolhemos uma música de cada disco gravado ao longo da nossa carreira. Serão 25 faixas. Uma de cada álbum’, explicou Cezar.

A turnê deste ano da dupla – que já tem 38 anos de estrada – ganhou uma mega produção. A tecnologia pode ser vista em efeitos de luzes e telões e tem como companhia a boa música cantada por três gerações. A maioria dos shows tem a participação de Craveiro e Cravinho (pai e tio de Cezar e Paulino) e Ed e Fábio (filhos de Cezar).

As apresentações têm ainda o momento ‘Alma Sertaneja’, onde parte do repertório gravado no trabalho de mesmo nome é apresentada. “O pessoal gosta muito na hora que risca a viola no palco”, disse Cezar.

Divulgação/Site da dupla

Alma Sertaneja tem 25 modões, entre elas Três boiadeiros (de Anacleto Rosas Júnior), Pai João (de Tião Carreiro e Lucio Rodrigues de Souza) e Saudade de minha terra (de Goiá e Belmonte). O trabalho tem participações para lá de especiais. Inezita Barroso canta Cavalo preto (de Anacleto Rosas Junior). Terra tombada (Carlos Cezar/José Fortuna) tem a participação de Chitãozinho e Xororó. O cantor Sérgio Reis em duas faixas: Disco Voador (de Palmeira ) e Chico Mineiro (escrita por Tonico e Francisco Ribeiro). O álbum tem ainda as participações de Craveiro e Cravinho, Ed e Fábio e do violeiro Johnny Éverson.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.