20 mil vão a Sertanejo Pop Festival

Cristiane Bomfim

14 de agosto de 2011 | 11h58

Por Cristiane Bomfim

Congestionamento nas avenidas Francisco Morato e Pirajussara, na zona sul de São Paulo. Estacionamentos lotados e caros (até R$ 40) e moradores que alugavam a garagem de casa. Botecos lotados de jovens. Era isso que se via na tarde de ontem nas ruas próximas à Chácara do Jóquei, na Vila Sônia, zona sul de São Paulo, onde está acontecendo a 2ª edição do Sertanejo Pop Festival.

[galeria id=964]

“A diferença entre a edição passada e a deste ano é que o evento está consolidado e ganhando força em outros estados”, disse Guilherme, da dupla Guilherme e Santiago, minutos antes de subir no palco, às 17h10 de ontem.

Apesar dos preços terem sido considerados altos, de acordo com a empresa responsável pelo evento, pouco mais de 20 mil pessoas estiveram no local para assistir aos shows de Guilherme e Santiago, Gusttavo Lima, Humberto e Ronaldo e Jorge e Mateus, últimos a se apresentarem. O show acabou às 23h40.

Humberto e Ronaldo tocam pela 1ª vez na capital

O primeiro dia do Festival ocorreu sem grandes incidentes: um bêbado aqui, uma discussão ali. O público tinha na ponta da língua as canções até de duplas que ainda não estouraram na capital, como Humberto e Ronaldo. Ontem foi o primeiro show dos artistas na capital. “A gente fica um pouco nervoso. É mais pesado, sabe? Mas acho que a gente tinha que passar por isso e está acontecendo no tempo certo”, disse Humberto antes da apresentação. A dupla tem três anos de carreira

Gusttavo Lima diz que música Tchê Tchê Rere é brega

Já Gusttavo Lima, tímido que só (ele não conseguia olhar nos olhos dos repórteres), confessou que acha a música Tchê Tchê Rere “muito brega”. “Quando ouvi pela primeira vez disse que não queria gravar, não. Achei muito brega. Mas o presidente da Som Livre disse que seria sucesso na certa. Fizemos arranjos, demos uma melhorada e realmente estourou. Mas eu continuo achando Tchê Tchê Rere muito brega”, disse. O 2º DVD do cantor, com 23 músicas (12 inéditas) será lançado em setembro.

Atrás do que é moda

Guilherme e Santiago gravam DVD em 31 de agosto em Goiás. O novo trabalho já tem a presença confirmada de Jorge e Mateus e terá uma pegada mais romântica. Isso porque, segundo os cantores, o romantismo vai voltar com tudo.

“O nosso repertório novo terá muita música romântica. No anterior seguramos um pouco porque a tendência era essa coisa mais animada”, contou Guilherme.

Mateus tocará projeto solo nas horas vagas

Depois da polêmica sobre uma possível separação de Jorge e Mateus, por causa de projetos individuais. O cantor que faz a segunda voz na dupla afirmou que pretende sim gravar um CD sozinho, mas que fará isso nos momentos de folga, “como uma segunda-feira”, disse.

“Estou montando um estúdio em casa. Tive muitas influências musicais como rock, pop e blues e quero transformar tudo isso em um álbum por hobby. Não vamos nos separar”, explicou.

Em outubro, Jorge e Mateus entram em estúdio para gravar o quarto trabalho da carreira. O álbum terá 14 faixas inéditas. Algumas,  de composição de Jorge.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: