Se os nazis tivessem vencido a guerra

Se os nazis tivessem vencido a guerra

Marcelo Rubens Paiva

19 de fevereiro de 2015 | 12h39

Mapa-Mundi-de-O-Homem-do-Castelo-Alto-650x290 man_in_the_high_castle

 

Li na coluna da minha colega Cristina Padiglione:

AMAZON PRIME, produtora de séries da Amazon, que entra no mercado de cabeça, para competir com as grandes, como Netflix, e este ano já faturou o Globo de Ouro com a série sobre transexuais, Transparent, vai adaptar MAN IN HIGH CASTLE.

Com produção de RIDLEY SCOTT.

Para quem não sabe, é um dos melhores livros de Philip Dick, um dos mais incríveis autor de ficção científica, que levou a linguagem da literatura policial ao gênero.

BLADE RUNNER é baseado num livro dele, você sabe, adaptado por ele, Scott.

MAN IN HIGH CASTLE  ou O HOMEM DO CASTELO ALTO, atualmente publicado pela ALEPH, parte de uma suposição que pode ter ocorrido: e se o EIXO, a aliança entre japoneses e alemães, tivesse vencido a II Guerra?

Vai que a morte de Roosevelt levaria os EUA no colapso, os alemães atropelassem Moscou, toda frota americana do Pacífico, inclusive os porta-aviões, tivesse, sim, sido afundada em Pear Harbor, na terceira leva de ataque dos Zero, que não rolou, e Hitler tivesse desenvolvido a Bomba de Hidrogênio antes…

Os EUA seriam divididos no meio, como foi a Alemanha. Na Costa Oeste, os japoneses. Um muro em Washington seria erguido para conter os avanços e o conflito dos vencedores.

A cultura nazi seria predominante: na arquitetura e nas artes.

Os negros seriam perseguidos como os judeus.

O livro foi escrito em 1962, quando o mundo estava à beira do colapso nuclear da Guerra Fria.

Dick se inspirou no livro de 1953, Bring the Jubilee, de Ward Moore, que imaginou como seria o século 20 se os Confederados tivessem ganho a Guerra Civil Americana nos anos 1860s, e nos diários do Goebbles e no I-Ching.

A BBC já tentou adaptar o livro em 2010.

Mas veio a crise. Achou o projeto de SCOTT caro demais.

Prepare-se: Dinheiro é o que não falta para a AMAZON.

Tendências: