Pilantragem na TV Brasil

Pilantragem na TV Brasil

Marcelo Rubens Paiva

17 Dezembro 2014 | 16h36

EBCAudiencia

 

A emissora pública fez uma palhaçada com o mercado.

Seus programas dão traço (raramente chegam a 1 ponto no Ibope).

Mas, na divulgação do balanço público de 2014 feito pela EBC (Empresa Brasil de Comunicação), que controla o canal, os números da audiência são bem maiores.

“Em seis das principais capitais brasileiras, mais de 32 milhões de pessoas assistiram à programação da TV Brasil via televisão aberta”, explica no site.

As cidades são São Paulo, Rio, Salvador, Brasília, Fortaleza, Belo Horizonte.

Elas têm juntas 29 milhões de habitantes

Acuma?!

A descoberta está no blog do jornalista especialista em TV, o carioca Mauricio Stycer, se referindo a uma prática comum da equipe econômica do Governo Dilma: “Com ‘contabilidade criativa’, TV Brasil sugere audiência maior que a real”.

Questionada por Stycer, a EBC esclareceu que o número de 32 milhões “se refere não a certo alcance relativo em termos de população, mas à audiência acumulada em um determinado período.”

Em letras miúdas no pé da página no site da empresa, tem uma referência sobre o cálculo do período da audiência (de 1º de janeiro a 14 de novembro de 2014).

Como se, no mercado, que calcula a audiência minuto a minuto, só tivesse otário: em 318 dias do ano, 32 milhões de pessoas assistiram a TV Brasil.

A média: 100 mil pessoas por dia nas seis cidades medidas pelo Ibope.

Uma audiência pífia, na verdade.

Os dados estão no site EBC Para a Sociedade.

A emissora disse que vai avaliar a necessidade de deixar as informações de forma mais clara.