passeiozinho

passeiozinho

Marcelo Rubens Paiva

22 Fevereiro 2012 | 23h08

No novo museu MAC-USP.

Ninguém.

Mais seguranças do que visitantes, numa terça-feiras de Carnaval ensolarada e Ibirapuera lotado.

Bem, o museu tb está vazio.

Poucas esculturas no térreo e mais nada.

Tem mais texto na parede de autoridades homenageando autoridades e placas de bronze homenageando autoridades do que obras de arte.

Destaques para obra sem nome de Ângelo Venosa, que eu chamaria de siso de dinossauro, e de Cildo Meireles, que eu chamaria de aluno Medusa.

 

 

 

Mas olha que ideia genial do arquiteto espanhol Soledad Diaz, o ESTÁDIO QUE BALANÇA.

A torcida sim influenciaria e muito o resultado do jogo.

Pois pulando poderia mudar a inclinação do campo no ataque e defesa.

Seria de fato o 12 ndo jogador.

Que interagiria bem mais do que com gritos de incentivo.